Mais de 50% dos jovens utiliza o smartphone para estudar

Com o regresso do novo ano escolar, e os equipamentos eletrónicos a tomarem um papel cada vez mais importante nesta nossa nova realidade, a WIKO quis perceber se os jovens usam os seus smartphones para tarefas ligadas à escola.

É certo que hoje em dia um smartphone já permite fazer quase tudo e existem inúmeras aplicações de estudo que podem ajudar os alunos a estudar as matérias lecionadas, bem como a desenvolver exercícios e trabalhar os temas que necessitam.

Assim, segundo o apurado pela WIKO, mais de metade dos participantes (53%) afirma que usa o smartphone para estudar, embora apenas 40% use este equipamento para fazer os trabalhos de casa diretamente como, por exemplo, resolver exercícios nas plataformas indicadas pelos professores. Ecrãs generosos e boa capacidade de armazenamento fazem destes equipamentos bons parceiros de estudo, permitindo guardar apontamentos, pesquisar matérias e procurar novos conhecimentos mesmo em andamento.

blank

Porém, utilizar o smartphone para estudar não vem sem alguns desafios: 72% dos participantes admite distrair-se nas redes sociais enquanto estuda, sendo mais fácil ir fazer scroll pelo mural do Instagram ou do Facebook, ou ver quem fez a publicação mais recente, quando já temos o smartphone na mão.

Existem, no entanto, algumas ferramentas do próprio smartphone que te podem ajudar a não quebrares a concentração e a dividires o tempo entre estudo e lazer: no bloco de notas, por exemplo, é possível apontar as matérias a estudar e dividi-las de forma a terem pausas para o descanso no meio; se preferires, podes também colocar o alarme, e, quando este tocar, tens a tua merecida pausa para as redes sociais ou outra coisa que queiras fazer para descontrair e depois regressar ao estudo com mais ânimo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here