Magic Leap e os seus headsets!

Red Magic 5G

A startup Magic Leap tem estado calma nestes últimos meses, mas a empresa está a tentar aumentar as vendas. De momento encontram-se a tentar convencer potenciais compradores a adquirir um pacote feito para pessoas que têm que trabalhar a partir de casa (devido a esta pandemia). O pacote em questão chama-se “Collaboration Package” e tem um período experimental de 45 dias para quatro headsets da Magic Leap. Além deste período também tem acesso a um programa de colaboração virtual, o Spatial. O pacote tem o preço de 5000 dólares com a opção de se estender a licença ou então de se cancelar o pacote.

O programa Spatial cria avatares dos utilizadores baseado nas fotos dos mesmos. Depois deixa os utilizadores realizar reuniões com esses avatares e ecrãs de realidade virtual. Esta opção não é exclusiva da empresa Magic Leap. O software em questão também trabalha em computadores em telemóveis. Mas a verdade é que os headsets dão uma melhor ideia de estarmos a partilhar uma sala com os colegas de trabalho com quem se faz as reuniões.

A empresa Magic Leap tem adotado algumas medidas devido ao coronavírus, incluindo o adiamento da sua conferência até outubro. De momento, infelizmente, não é a única preocupação da empresa. A empresa recebeu mais de 2 biliões de dólares de fundos. Tentou entrar em negócio com o Facebook mas conversas iniciais não correram bem.

A empresa tem vendido menos headsets que o que estava previsto. A Magic Leap também tinha adiantado que iria lançar novos headsets já para o ano mas a verdade é que esses planos podem estar comprometidos devido ao Covid-19.

Os headsets que actualmente tem foram lançados em 2018. O que começou por ser um produto de entretenimento gradualmente se tornou uma ferramenta de trabalho e até tem explorado um caminho de vendas da saúde através da empresa Johnson & Johnson.

Fonte:  The Verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here