MacOS Monterey é a nova versão e traz uma grande integração com o iPadOS

O lançamento do ano passado trouxe uma grande mudança visual, bem como grandes mudanças para aplicações essenciais como Safari, Maps e Mensagens. Agora, com o macOS Monterey, a Apple está a tentar melhorar ainda mais o seu sistema operacional para Mac.

Há suporte para partilhar as suas músicas e filmes com SharePlay, e alguns outros recursos que também foram anunciados para o iOS 15, sendo um dos novos recursos mais notáveis ​​do macOS Monterey o Universal Control, uma forma evoluída do Continuity da Apple que permite usar perfeitamente o teclado e o rato em Macs e iPads, simultaneamente.

Isso é algo que aplicações de terceiros como o Across oferecem há algum tempo, mas, historicamente, são difíceis de configurar, mas fáceis de usar. A vantagem da Apple, como sempre, é que ela pode fazer grande parte do trabalho de configuração no seu sistema operativo.

Durante uma demonstração por Craig Federighi, vice-presidente de software da Apple, o Universal Control parece funcionar conforme anunciado, funcionando de forma fácil esta integração entre um iPad, MacBook Pro e, novamente, o iPad.

Além disso, também poderá transmitir o ecrã do iPad e músicas para o seu computador Apple com o AirPlay para Mac. O nome já diz tudo: é outra maneira de facilitar o trabalho em vários dispositivos Apple. E, assim como o recurso AirPlay clássico, pode tornar mais fácil para colaborar com outros utilizadores da Apple. No mínimo, será uma maneira inteligente de tocar músicas nos excelentes alto-falantes do novo iMac.

Na maior parte, não parece que o macOS Monterey seja muito diferente do Big Sur. Isso faz sentido, já que a Apple considerou o lançamento do ano passado como uma das suas maiores renovações de design. Ainda assim, a empresa conseguiu inserir algumas atualizações para o Safari, incluindo separadores mais finos e a capacidade de enfiar vários separadores em grupos

Por fim, a Apple está a planear tornar a automação um pouco mais amigável no macOS Monterey com atalhos. O sistema operativo conta com com alguns atalhos integrados, mas também poderá configurar os seus próprios, bem como importar ações do Automator. A Apple diz que fará a transição do Automator nos próximos anos – uma notícia triste para os fanáticos por Mac, mas esperançosamente uma boa notícia para os utilizadores mais gerais que nunca conseguiriam descobrir essa ferramenta.

Como de costume, a Apple já disponibilizou a versão Beta para programadores, sendo que no próximo mês deverá surgir uma versão Beta para os consumidores, também com o lançamento desta nova versão do sistema operativo previsto para o outuno, na mesma altura do iOS 15, iPadOS 15 e os novos iPhones.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here