Linha Huawei Mate 30 ultrapassa 1 milhão de unidades vendidas em três horas

Durante a inauguração da primeira loja física da Huawei em Shenzhen, China, o CEO da marca, Yu Chengdong, compartilhou algumas informações sobre a linha Mate 30. O executivo afirma que ambos os modelos estão em falta devido ao grande interessante do público, e que os números da pré-venda foram seis vezes maiores que os da linha P30.

Além disso, o CEO fez questão de mencionar que em apenas três horas a linha Mate 30 ultrapassou 1 milhão de unidades vendidas. Esse é um número surpreendente para pouquíssimo tempo, e se o interesse dos consumidores continuar em alta, certamente a Huawei deve bater a meta estabelecido para essa linha, que de acordo com a empresa é de 20 milhões.

Também foi dito que a Huawei conseguiu obter lucros de US$ 70 milhões em um minuto após o início das vendas desses modelos. Portanto, fica bem claro que o Mate 30 e Mate 30 Pro são um sucesso, ao menos na China.

Apesar das proibições que foram feitas pelos Estados Unidos, a gigante acredita que suas vendas em 2019 ainda vão melhorar, mas reconhece que toda essa polêmica afetou negativamente seus lucros. Recentemente, a Huawei disse que poderia ter ultrapassado 300 milhões de smartphones vendidos se não fosse as limitações impostas pelo governo americano.

De qualquer forma, funcionários da chinesa revelaram que a linha Mate 30 exigiu muitas pesquisas para ser criada. Cerca de 3.000 pessoas trabalharam em P&D, gerando um custo de US$ 294 milhões. Sendo assim, podemos saber um pouco do motivo do enorme sucesso desses modelos, afinal, grandes tecnologias foram aplicadas para atrair novos consumidores e cativar ainda mais aqueles que usam os produtos da Huawei.

Lembrando que de acordo com o renomado DxOMark, o Mate 30 Pro é o smartphone com a melhor câmera do momento, pois obteve ótimos resultados em diferentes tipos de ambiente. Ele foi capaz de deixar para trás o Galaxy Note 10+, que até então lidera no ranking.

Fonte: GizChina

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here