Leitz Phone 1: Leica não preocupa com Huawei e aposta no seu próprio smartphone

Já não dúvidas que a longa parceria entre a Huawei e a Leica deixou de ser exclusiva. Se há pouco tempo a Sharp anunciou o Aquos R6 com lente Leica, agora decidiu ir sozinha neste mercado, demonstrando que não foi só a Huawei que aprendeu com a Leica, mas também a marca alemã aprendeu com a chinesa.

A Leica anunciou o seu próprio smartphone – o Leitz Phone 1 – que estará disponível exclusivamente através da Softbank no Japão. A Leica refere que apesar de ser um smartphone Leica, partilh o mesmo sensor de 1 polegadas que a Sharp utiliza no seu smartphone. Aliás, a Leica admitiu que o Leitz Phone 1 era apenas uma versão rebatizada do Sharp Aquos R6, mas como fez no passado, a Leica pretende oferecer uma “verdadeira experiência Leica” com design exterior e interface de utilizador diferentes.

Portanto, embora o hardware seja o mesmo do Aquos R6, a experiência de segurar e usar o telefone parece ser bem diferente.

Começando com o que é diferente, o Leitz Phone 1 utiliza o Android 11 e apresenta o que a Leica chama de uma interface de utilizador “basicamente monocromática” projetada pela empresa alemã de câmaras. Essa descrição não significa que o telefone não seja colorido, mas sim os aplicativos de base, como o telefone com câmara, menus e botões, têm cores neste estilo.

blank

A ecrã inicial do telefone, bem como os ícones dos aplicativos, ainda estão a cores e a câmara também pode fotografar acores. Dito isso, a aplicação da câmara vem pré-carregado com “Leitz Looks” que focam em imagens em preto e branco. Além dessas mudanças, supostamente a interface real e a experiência de utilizar o telefone são muito semelhantes às de stock do Android.

O design do exterior é apresentado como herdeiro do “DNA da Leica”, o que, segundo a empresa, significa que ele apenas incorpora elementos que considerou “realmente necessários”. Isso basicamente traduz-se num exterior minimalista todo em metal e uma matriz de câmara circular que permite a incorporação de uma tampa de lente de metal que imita a experiência real de uma câmara Leica. O corpo do equipamento tem 9,5 milímetros de espessura e pesa 212 gramas.

Por dentro, o telefone é idêntico ao Sharp Aquos R6. Ele possui o mesmo sensor grande de 1 polegada e 20 megapixels equipado com ASPH 19 mm f / 1.9 e Lente ultralarga de sete elementos, Summicron. Junto com o smartphone Sharp original, é o maior sensor disponível em qualquer smartphone.

blank

No entanto, é uma lente principal, portanto, quaisquer outras distâncias focais são executadas inteiramente com zoom digital. Ele também tem o mesmo display OLED IGZO de 6,6 polegadas que também aloja um sensor ultrassônico 3D de impressão digital que pode ler até duas impressões digitais simultaneamente para maior segurança.

Assim como o Aquos R6, o Leitz Phone 1 é equipado com um processador Snapdragon 888, 12GB de RAM. No entanto, este equipamento conta com 256GB de espaço de armazenamento, o dobro do que era oferecido no smartphone Sharp.

O Leitz Phone 1 está disponível exclusivamente através da operadora japonesa Softbank e será vendido por 187.920 ienes, aproximadamente 1424€ ou R$8575, quando chegar ao mercado em julho. As pré-encomendas começam em 18 de junho.

Não há nenhuma referência ao lançamento do smartphone noutros países, mas sendo a Leica uma empresa alemã, deixa-nos com alguma esperança de que possa vir a estar disponível na Europa.

Fonte: Engadget

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here