Kuka poderá desenvolver robots domésticos

A maior empresa de robótica industrial da Alemanha está a trabalhar em robôs de consumo, graças aos seus novos donos, os fabricantes chineses de eletrodomésticos Midea.

Se calhar nunca ouviu falar de Kuka, mas certamente já deve ter ouvido falar dos seus produtos.

A empresa alemã é uma das maiores fabricantes mundiais de robots industriais, e os seus braços de robot são reconhecíveis graças à sua cor de assinatura, o laranja. Mas, ao que parece, no futuro, os robots da Kuka, poderão tornar-se numa visão ainda mais familiar, com a empresa a explorar o mundo da robótica de consumo.

A empresa chinesa Midea, comprou a Kuka por 4,5 milhões de euros. A Midea é conhecida por fabricar uma ampla gama de produtos para a casa, incluindo sistemas de ar condicionado, máquinas de lavar roupa, fornos, frigoríficos e muito mais.

Não está claro qual o tipo de produto que a Midea pretende produzir, mas a experiência da Kuka na automação de tarefas físicas pesadas, sugere que as empresas estejam a olhar para além dos simples robots “home-hub”. Em vez disso, eles podem concentrar-se em assistentes de robots mais complexos, capazes de ajudar com tarefas, como por exemplo, cuidar de idosos. Este tipo de robots estão em desenvolvimento em vários países, incluindo o Japão, que enfrenta o desafio de cuidar do envelhecimento da população.

Construir um robô projetado para trabalhar em estreita colaboração com os seres humanos caberia aos interesses em evolução da Kuka, que passariam de robôs industriais estáticos, a pequenos robôs que funcionam lado a lado com as pessoas.

Estes incluem a sua gama de bots da iiwa (o significa “assistente de trabalho industrial inteligente”), que são projetados para dar aos trabalhadores da fábrica “uma terceira mão”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui