Kaspersky chega a acordo com a Microsoft

Há um ano que a gigante russa de segurança informática Kaspersky travava uma enorme batalha judicial na Europa com a Microsoft. Em causa um suposto boicote realizado pela Microsoft aos programas de antivírus para que os seus utilizadores não deixassem de utilizar o Windows Defender.

Esta quinta feira a Kaspersky veio anunciar que irá levantar todas as queixas apresentadas à proprietária do Windows. A empresa veio também dizer que nos últimos meses houve lugar a conversações frutíferas para que os antivírus possam funcionar no Windows. Foi também adientado por responsáveis da Kaspersky  que a cooperação entre as empresas vem permitir uma concorrência saudável e com ela efeitos positivos na segurança online dos utilizadores do sistema operativo Windows.

Ontem no blogue do Windows é possível ver um texto a confirmar algumas mudanças na próxima actualização do Windows 10. Estas mudanças incluem um trabalho de proximidade entre os seus programadores e as empresas de segurança informática de modo a evitar novos conflitos. O Creators Update da próxima Primavera será a próxima grande actualização do Windows 10, actualização essa em que as mudanças acordadas entre as empresas começarão a surtir efeito.

Fonte: Tecnoblog

Veja também...

Deixe o seu comentário