Japão: Nintendo vai ganhar um museu

Daqui sensivelmente três anos, todos os feitos conquistados pela Nintendo vão estar expostos num museu, a ser erigido na cidade de Uji, no Japão. Segundo a gigante dos jogos, uma antiga fábrica vai ser transformada numa galeria, onde vão ser exibidos consolas e outros produtos que a empresa lançou ao longo da sua história.

A “Galeria Nintendo”, como está a ser denominado para já, ainda não tem data de inauguração, mas está prevista para ser concluída em março de 2024.

Para além de vir a funcionar como uma atração turística, o espaço promete também proporcionar experiências e exposições. No entanto, os amantes da Nintendo, em Portugal e no resto do mundo, vão ter que viajar ao Japão, à cidade de Uji, para visitar o museu e desfrutar da nova oferta desta companhia de jogos.

blank

Uji é uma cidade localizada nos arredores de Kyoto, que costumava receber muitos turistas antes da pandemia, e o Acesso ao local onde vai situar o museu da Nintendo é relativamente  simples, recorrendo aos transportes ferroviários, assim os fãs dos produtos da Nintendo vão poder deslocar-se ao museu quando viajarem novamente nos próximos anos.

Já é de conhecimento público que a Nintendo tem discutido a possibilidade de construir um museu para partilhar com o público a sua “história e filosofia de desenvolvimento de produto”. A empresa, finalmente, decidiu remodelar a fábrica de Uji Ogura e seus terrenos circundantes com a finalidade de cumprir esse propósito, após levar também em consideração o plano da cidade Uji relativamente à construção da área próxima da Estação Oguro.

A Nintendo construiu a fábrica de Uji Ogura em 1969 e ali produzia carta de jogos e cartas Hanafuda. O espaço servia também como um centro de atendimento ao cliente para reparações de produtos. Em novembro de 2016, a Nintendo transferiu essa operações para a sua fábrica mais recente na cidade.

A gigante japonesa de jogos eletrónicos e consolas, sediada em Kyoto, deu seus primeiros passos em setembro de 1889 pelas mãos do artesão Fusajiro Yamauchi. Inicialmente, assumiu-se como fabricante de cartas de baralho tradicionais japonesas, e por mais de meio século permaneceu-se assim. A partir da década de 1960 ela começou a aventurar-se em novos negócios, e em 1977, a empresa entrou no mercado de jogos eletrónicos.

Fonte: Engadget

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here