Já há um ‘Spotify’ de jogos de computador ‘indie’ e chama-se Jump

O modelo de negócio que orienta as plataformas Netflix e Spotify está a expandir-se rapidamente a outras áreas de comercialização de conteúdos. O setor dos jogos não podia ser exceção e conta agora com a proposta oferecida pela Jump. A aposta desta plataforma é nos jogos ‘indie’, fruto de trabalho de programadores independentes e que oferece aos utilizadores, através de pagamento de assinatura o acesso a todo o catálogo.

O Jump vem cobrir apenas uma pequena parte do mundo dos jogos, que ainda não tem uma solução com um catálogo gigantesco e eclético. Esta nova proposta junta-se às soluções desenvolvidas pela OnLiveGaiKai ou Utomik.

Com assinaturas a iniciarem-se nos 10 dólares mensais, quantia praticamente padronizada entre as plataformas de streaming, podemos aceder a uma lista de 60 jogos e que está a crescer ao ritmo de 10 títulos por cada mês, incluindo conteúdos pensados para Realidade Virtual. O site dá ainda oportunidade de experiência gratuita durante 14 dias.

Os jogos que se encontram disponíveis na plataforma Jump não têm que ser instalados no computador, basta uma janela de um browser de Internet.

Como nota negativa está a alta comissão cobrada pelo Jump: 70% do valor das assinaturas vai para investimento na plataforma, sendo os restantes 30 distribuido pelos programadores de acordo com a quantidade de horas em que os seus títulos foram jogados.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here