Israel tentou aterrar uma pequena nave na Lua

Hoje, uma organização sem fins lucrativos de Israel irá tentou pousar uma pequena sonda robótica na superfície da Lua. Se tivesse sido bem sucedido, seria a primeira vez que Israel conseguia “aterrar na Lua”.

Esta organização de Israel com o nome de SPACEIL pertenceu a uma equipa antiga da competição Google Lunar X Prize. Desenvolveu esta pequena sonda robótica chamada de Beresheet, que estará esta tarde a caminho da Lua. Beresheet foi lançada em cima de um foguete SpaceX Falcon 9 no dia 21 de Fevereiro e largado na órbita à volta da terra. Infelizmente queimou o seu sistema principal e foi-se afastando cada vez mais da órbita da Lua. Entretanto mais próximo da Lua, esta pequena sonda sofreu outra queimadura mas lentamente fez a sua tão esperada aproximação na órbita da Lua.

Desde aí que tem vindo a aproximar-se da superfície lunar, e chegou a altura de tentar descer e aterrar na Lua. A pequena sonda acenderá seu motor principal novamente, desacelerando até o seu motor ser desligado e cair lentamente até à superfície da Lua.

Uma vez na Lua, Beresheet irá capturar imagens e vídeos da superfície, além de estudar o campo magnético de seu local de pouso – uma região conhecida como Mare Serenitatis, ou Mar da Serenidade. Mas o pouso da SPACEIL é menos sobre ciência e mais sobre como demonstrar o que pode ser feito com dinheiro privado. O orçamento da equipa era de apenas US$ 90 milhões, dos quais US$ 2 milhões vieram de recursos do governo. Um pouso bem-sucedido na Lua será um grande passo para a indústria espacial privada, e também fará de Israel o quarto país a pousar na Lua, depois dos Estados Unidos, da Rússia e da China.

Se a aterragem fosse bem sucedida, SPACEIL irá receber um prémio de US$ 1 milhão da X Prize Foudation.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here