iPhones de 2022 podem trazer seu próprio modem 5G

No início deste ano, a Apple comprou o setor de modem da Intel na tentativa de desenvolver seus próprios componentes, eliminando a necessidade de depender de outras empresas. Evidentemente, ainda há muito trabalho a ser feito até que isso realmente aconteça, com fontes internas alegando que a tecnologia 5G demorará um pouco para chegar nos aparelhos da Apple.

Atualmente, a Qualcomm continua sendo o fornecedor de modems dos iPhones, prometendo que irá entregar um componente com suporte ao 5G para os modelos do próximo ano. No entanto, levando em consideração as brigas judiciais e outros problemas que ambas as empresas tiveram, parece que a Apple pretende cancelar essa parceria.

Informações apontam que a gigante de Cupertino criou sua própria equipe de P&D para modems e chips RF, que, curiosamente, está sediada em San Diego, mesma cidade onde fica a Qualcomm. Também foi dito que iPhones com 5G devem chegar ao mercado apenas em 2022.

Afinal, mesmo que a fabricação seja relativamente rápida, a Apple precisará realizar muitos testes e otimizações no modem para garantir sua funcionalidade, além de ter que certificá-lo no FCC e em outros órgãos regulamentadores.

A ideia da Apple é criar um modem 5G integrado no SoC para reduzir o consumo de energia, mas fontes sugerem que a empresa tem mais chances de desenvolver esses componentes separadamente nos iPhones de 2022, dado que o SoC integrado deve chegar em 2023. Para ajudar nessa tarefa, a Apple contratou Esin Terzioglu, que era vice-presidente de engenharia da Qualcomm.

Em termos de comparação, Samsung e Huawei já possuem chips com modem 5G integrado. Em agosto, a sul-coreana apresentou o Exynos 980, que deve aparecer em alguns smartphones até o final do ano. Por outro lado, recentemente a gigante chinesa iniciou às vendas do Mate 30 5G e Mate 30 Pro 5G com Kirin 990, processador que traz 5G integrado.

Fonte: GsmArena

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here