iPhone X enganado por máscara de 150 dólares

O inovador sistema de reconhecimento facial FaceID estreado pela Apple no mais caro smartphone de toda a história da marca foi enganado por uma máscara criada pela empresa de segurança Bkav. A máscara foi realizada com técnicas de maquilhagem, de impressão 3D e impressão convencional e custou menos de 150 dólares.

Neste processo de fintar o sistema FaceID da Apple o conhecimento dos membros da Bkav sobre o sistema de Inteligência Artificial do iPhone X funciona. Ainda de acordo com a equipa de especialistas, a produção da máscara a três dimnesões não foi difícil. O formato do rosto foi digitalizado a 3D com a ajuda de um smartphone preparado para isso, como o Xperia XZ1.

Alguns dos smartphones disponíveis no mercado:

A Apple destacou na apresentação do iPhone X que o FaceID foi desenvolvido com a ajuda de criadores de máscaras profissionais de forma a conseguir por à prova a eficácia da biometria facial. Isto indica que os engenheiros da Apple preocuparam-se com técnicas sofisticas e não com métodos mais simples como fizeram os peritos da Bkav, tendo os mesmos demorado menos de uma semana a conseguir enganar o FaceID.

Veja também...

Deixe o seu comentário