iPhone 15 Ultra pode substituir o Pro Max

A Apple pode introduzir um novo esquema de nomenclatura quando lançar o iPhone 15 no próximo ano, substituindo a atual marca “Pro Max” por “Ultra”. Esta noticia surge de acordo com Mark Gurman, que também espera que o iPhone 15 venha com algumas “importantes mudanças”, incluindo já o novo USB-C.

O nome Pro Max apareceu pela primeira vez com o iPhone 11 em 2019, e adicionar a marca Ultra à linha do iPhone não seria tão surpreendente. A Apple já lançou o novo Watch Ultra no início deste mês, e acrescentou o nome ao seu processador M1 Ultra. A Apple também introduziu uma pequena mudança no seu esquema de nomenclatura com o iPhone 14, ao trazer de volta o nome “Plus” aparentemente aposentado no iPhone 14 Plus.

O iPhone 14 ainda não tem nem um mês, mas outros rumores sobre o iPhone 15 já começaram a circular. O analista da cadeia de produção Ross Young prevê que o novo Dynamic Island pode vir de fábrica em todos os modelos do iPhone 15, não apenas nos modelos Pro e Pro Max (ou Ultra).

Existe também rumores que o iPhone 15 possa também vir com o USB-C em vez da porta Lightning proprietária da Apple. Gurman diz que a empresa já começou a testar o novo recurso antes da implementação da lei da UE que irá exigir que todos os novos telefones tenham as portas USB-C até o outono de 2024.

Apesar de fazer sentido a alteração da nomenclatura de Max para Ultra, tenho dúvidas de que a Apple decida “deixar” de fora o Max. A Apple também tem o AirPods Max, e será interessante ver se a Apple faz alguma alteração no nome após a chegada de uma possível segunda geração.

Com o lançamento do iPhone 14 fora do caminho, a Apple está pronta para encerrar o ano com uma série de novos Macs, incluindo Mac Minis M2 e M2 Pro atualizados, M2 Pro e M2 Max de 14 e 16 polegadas MacBook Pros e M2 Profissionais do iPad de 11 e 12,9 polegadas.

A empresa ainda não confirmou se irá realizar um evento no próximo mês para anunciar esses dispositivos como já se tem falado. Gurman acredita que a Apple pode lançar os seus produtos em formatos menos interessantes, como apenas em comunicados à imprensa, atualizações no seu site ou através de pequenos briefings para alguma imprensa.

Fonte: Bloomberg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui