iOS 13: Tudo o que precisa de saber

O iOS 13, o novo sistema operativo da Apple, foi anunciado aquando da apresentação do iPhone 11 e do Apple Watch 5. Acompanhe-nos e saiba tudo o que irá poder tirar partido da atualização.

Aquando da Worldwide Developers Conference de 2019 da Apple, ficamos a saber que o iOS 13 foi disponibilizado sobe a forma de uma beta fechada desde junho deste ano. Contudo, existe uma versão beta pública onde podem ser testadas as novas funcionalidades, no entanto, ainda em evento, foi anunciado que existia uma versão completa a ser disponibilizada para o público hoje, um dia antes do lançamento oficial do iPhone 11, a 20 de setembro.

Confira as nossas informações relativamente às informações da beta:

iOS 13, o sucessor da Apple

Comumente todos os utilizadores/portadores de equipamentos iPhone irão ser notificados relativamente à possibilidade de instalar a atualização estável do iOS, neste caso, a iOS 13.1.

iOS 13: Informações e data do lançamento

Mencionado anteriormente, foi o facto de o lançamento do novo sistema operativo estar agendado para 19 de setembro, um dia antes do lançamento do iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max.

iOS 13: Assistente inteligente, a Siri

Sucede-se que, parece que o departamento responsável pelo desenvolvimento da assistente virtual, Siri, retomou o rumo, confirmando os rumores de que a assistente inteligente é agora composta por uma “voz mais natural“. Como se isso não fosse suficiente, enquanto utilizar os AirPods, a Siri irá ler as suas mensagens, para que não tenha de consultar o seu smartphone enquanto disfruta da sua música favorita. O controlo por voz, é agora mais preciso, e as automações de percurso são agora uma realidade (como o eram no Google a algum tempo).

Melhorias na imagem e em vídeo com o iOS 13

Quando foi anunciado o “high-end” da Apple, ficamos a conhecer algumas das especificações do iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max. Contudo, a fabricante de Cupertino, deixou bastante claro que não iria ficar apenas pela qualidade do equipamento físico, mas iria passar também pelo software.

Tenha duas ou três câmeras, o novo OS permite, através de ferramentas avançadas de edição (que encontramos em alguns aplicativos Android) girar e cortar o conteúdo vídeo/imagem durante a edição. A exposição, por sua vez, pode ser alterada na pós-edição e os filtros aplicados a todos os vídeos.

A chegada do iOS 13 promete uma interface da câmera reformulada, que permite, pela primeira vez gravar em modo vídeo sem sair do modo de fotografia, algo inédito! Quando falamos de inteligência-artificial, a aplicação encarrega-se, agora, de identificar, ocultar fotografias, capturas de ecrã, whiteboards, documentos e recibos duplicados, para que otimize o seu espaço e usufrua das melhores fotografias.

iOS 13: Dark Mode, chega finalmente ao iPhone

O tão aclamado “Dark Mode” chega, oficialmente aos sistemas Apple, neste caso, ao iPadOS e ao iOS. Tem-se tornado bastante comum encontrar-se este “modo escuro” para aplicativos como o Twitter, a Twitch e o Google Chrome com vista a diminuir o cansaço dos olhos e o consumo de bateria do smartphone. A marca norte-americana assegura que todos os seus aplicativos nativos estarão preparados para este novo modo.

O aumento de performance com o novo iOS 13

Os novos recursos a serem disponibilizados na nova versão do iOS demandam mais potência e autonomia. Face a esses problemas, chega aos novos iPhones, o A13 Bionic, o mais recente e potente processador desenvolvido em exlusivo pela e para os equipamentos Apple.

Assim, o tão aclamado sistema light and clean da fabricante norte-americana sofreu uns pequenos “afinamentos”. Os tempos de início do sistema operativo e o download e a duração da bateria. Segundo os últimos dados da fabricante, a nova versão torna o desbloqueio do iPhone mais ágil do Face ID. Segundo a marca, os novos processadores permitem que os dispositivos mais recentes consigam ser 20% mais rápidos que os antecessores e com uma duração da bateria de cinco horas.

iOS 13: Login com a Apple

Constantemente, acompanhamos um aumento dos problemas com privacidade, assim, a Apple passa a incluir a possibilidade de fazer “Login com a Apple” ao invés dos tradicionais logins de Facebook e Google.

O utilizador que entrar com a Apple utiliza o Face ID e cria uma conta “sem revelar suas as suas informações pessoaispara terceiros. Se pretender esconder o seu endereço de e-mail, a Apple pode gerar um para si, encaminhando tudo o que for enviado para, mas nunca compartilhando o seu real e-mail com outros.

Como não poderia deixar de ser, o novo sistema operativo irá ter muitas mais funções disponíveis para os seus utilizadores para além das referidas anteriormente. Estas representam algumas das mais importantes para o utilizador de um iPhone.

Fonte Expertreviews

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here