iOS 13.7 disponível para o público com suporte ao Exposure Notifications Express

Foi lançado hoje pela Apple a nova versão iOS 13.7. Uma actualização que surge um mês após o lançamento do iOS 13.6. Nesta nova versão iremos contar como principal novidade o novo sistema de notificações de exposição, o chamado Exposure Notifications Express. Este sistema, nada mais é do que a independência em relação à instalação de qualquer outra aplicação para efectuar o contact tracing da COVID-19.

Assim, iremos desde o momento da respectiva actualização passar a usufruir da activação automática desta funcionalidade, algo que até aqui era necessário possuir através de uma aplicação oficial do respectivo país.

A versão iOS 13.7 encontra-se disponível para todos os equipamentos elegíveis através de over-the-air existente nas definições do sistema. Para aceder à mesma terá então de dirigir-se a Settings, depois a General e Software Update. A marca disponibilizou também a nova versão para os seus iPads, estando agora acessível para descarregamento e instalação o iPadOS 13.7. Aqui, e uma vez que o novo sistema de notificações de exposição não funciona no iPad, esta actualização consiste basicamente em correção de erros e melhoria do sistema operativo no seu global.

No iPhone então os governos dos respectivos países irão ter a possibilidade de participar no sistema de notificações de exposição sem terem a necessidade de terem criado ou aprovado uma aplicação para esse fim.

Após a instalação do iOS 13.7, iremos ter uma nova secção totalmente dedicada às notificações de exposição, onde poderíamos anteriormente encontrar nas definições de privacidade. Agora e uma vez activado essa secção, iremos ter a informação se essa possibilidade estará disponível no nosso país ou não.

Segunda declarações efectuadas esta manhã pela Apple, os estados do Maryland, Nevada, Virginia e Washington dos Estados Unidos da América encontram-se já abrangidos por este novo sistema. Mas em breve prevê-se que mais estados locais e outros países irão estar incluídos.

Em Portugal, tal como nos restantes países onde existem já aplicações a funcionar, poderá significar o fim das mesmas? Com certeza iremos assistir nos próximos tempos a uma tomada de posição em relação a este tema.

Fonte: MacRumors

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here