Investidores processam Facebook, Bancos e Nasdaq

Red Magic 3S

A entrada em bolsa por parte do Facebook não correu como esperado e, agora, vários investidores entraram com um processo contra o Facebook e as instituições envolvidas.

A entrada em bolsa por parte do Facebook é uma das maiores de sempre e a melhor oferta pública de uma empresa tecnológica em bolsa. O Facebook vendeu a ação por 38 dólares cada e logo no início da oferta pública a ação valorizou para os 42 dólares. Prometia muito, no entanto, no 1º dia, a ação ficou um pouco acima do valor inicial.

Esta descida previa continuar e continuou, nos dias seguintes a ação voltou a baixar e, apesar da subida de ontem, está a valer pouco mais de 32 dólares, abaixo do valor inicial. A polémica instalou-se e após vários situações que, segundos os investidores, os prejudicaram, decidiram processar as várias entidades envolventes.

Para começar, a entidade processada é a própria Nasdaq. Como foi noticiado, houve um atraso no início do dia em que o Facebook devido ao software e durante o dia vários problemas foram registados com o software, o que causou bastantes problemas aos investidores.

O próprio Facebook e os seus administradores foram processados, bem como os bancos envolvidos, Morgan Stanley, o Goldman Sachs, o JPMorgan, Bank of America e o Barclays. O grande foco das críticas é o Facebook e o Morgan Stanley.

Segundo a Reuters, o banco Morgan Stanley terá revisto em baixa as estimativas de resultados do Facebook, mas só avisou alguns investidores, quando todos deveriam ter recebido essa informação. Esta revisão por parte do banco aconteceu depois de o Facebook ter indicado que os utilizadores estão a usar, cada vez mais, a versão móvel, com poucas receitas publicitárias.

Parece que a entrada em bolsa por parte do Facebook vai ser falada durante muito tempo e não pelas melhores razões.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here