Instagram começa a testar feed inicial sem guia de compras

A Instagram está a testar um feed sem separador de compras, marcando uma mudança na forma como a plataforma trata o comércio eletrónico. Alguns utilizadores do Instagram notaram nos últimos dias que o separador de compras, que anteriormente se encontrava na barra de navegação inferior, foi substituído por um separador de notificações. As compras, entretanto, foram movidas para um segundo menu, entre opções como definições e mensagens guardadas.

A porta-voz da Meta, Anne Yeh, confirmou as mudanças como parte de um teste limitado.
“Como parte do nosso trabalho contínuo para simplificar a sua experiência no Instagram, estamos a testar algumas alterações na barra de navegação principal na parte inferior do aplicativo apenas com um pequeno número de pessoas”, diz Yeh.

Mover a guia é uma decisão consciente por parte do Instagram, pois a empresa afasta-se dos recursos de compras. No início deste mês, o The Information informou que o Instagram estava a mudar de rumo no que diz respeito à sua abordagem ao comércio eletrónico, incluindo a eliminação do botão que leva à página de compras. Em vez disso, as compras no Instagram irão se concentrar mais em aumentar a receita de anúncios da Meta, informou o The Information, e a plataforma irá testar uma página de compras menos personalizada apelidada de “Tab Lite”.

A Instagram tem vindo a expandir as suas funcionalidades de compras nos últimos anos, com coisas como a aba da loja, num esforço para fazer da plataforma um local onde os utilizadores possam comprar produtos sem sair da aplicação. No entanto, não é claro o sucesso que esta funcionalidade de compra esteja a ter.

Ainda assim, a Meta continuou a lançar os novos recursos para as compras, incluindo uma atualização nas mensagens que permitia que os proprietários das empresas gerissem o atendimento ao cliente através de mensagens privadas.

“O comércio continua a ser importante para o Instagram, pois continuamos a tornar mais fácil para as pessoas descobrirem e comprarem os produtos em todo o aplicativo a partir de feeds, histórias e inovações como compras ao vivo e drops”, diz Yeh, da Meta.

Fonte: The Information

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui