Infosistema lança app que ajuda as lojas as protegerem-se contra a COVID-19

O InOutNow.com é um serviço na Cloud que permite a qualquer empresa, pequena ou grande, informar os seus clientes se podem entrar na loja ou se têm de esperar, ajudando a garantir a segurança de todos. O Inoutnow.com está disponível globalmente, segundo informação enviada à imprensa. O serviço cria um semáforo virtual através de qualquer dispositivo conectado (telemóvel, tablet ou computador) controlado remotamente pelo lojista através de um segundo dispositivo.

Imagine-se uma loja na qual apenas dez pessoas devem estar dentro de cada vez. O lojista simplesmente precisa de pressionar os botões correspondentes a “In” ou “Out” quando os compradores entram ou saem da loja. A aplicação conta o número atual de clientes e mostra uma luz vermelha ou verde informando os compradores quando podem entrar.

Para funcionar são necessários dois dispositivos com acesso à wi-fi/dados móveis, como por exemplo telemóvel e tablet; criar uma conta gratuita no InOutNow.com; atribuir um nome à loja e configurar o número máximo de pessoas que se pretende que esteja no interior de cada vez; fazer o login no segundo dispositivo (deverá ter recebido a senha por e-mail) e escolher “Página do cliente”; colocar o segundo dispositivo na janela da loja e está pronto a funcionar.

No primeiro dispositivo, basta clicar em “IN” para cada pessoa que entra e clicar em “OUT” para cada pessoa que sai. O segundo dispositivo exibe um semáforo verde ou vermelho, dependendo se a loja está cheia ou não.

A ideia veio do Chairman da Infosistema, Gonçalo Caeiro, no seguimento das notícias em plena crise sanitária e após ter experimentado ele próprio as limitações impostas pelas lojas em termos do número de pessoas autorizadas a entrar. Para lojas mais pequenas, é mais difícil comunicar com os compradores, caso eles entrem ou esperem do lado de fora para que outros saiam. Este foi, por isso, o alvo principal da iniciativa.

Os grandes retalhistas já tomaram medidas para lidar com esta situação específica, alocando uma equipa de segurança dedicada ao controlo de quantos compradores estão dentro da loja de cada vez.

Para pequenas lojas e farmácias, embora possam ter menos espaço para gerir, é mais difícil contar e comunicar o número de clientes que podem entrar.

Gonçalo Caeiro reforça: “No Grupo JOYN, desejamos o melhor para todos nestes tempos difíceis. Todos nós estamos a tentar contribuir da melhor maneira possível. Vamos todos dar uma pequena contribuição para nos mantermos em segurança!”.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here