Ice Cream Sandwich com baixa percentagem de utilização

A versão 4.0 do Android está presente em 2,9 por cento dos smartphones com sistema operativo móvel da Google. A percentagem ainda é baixa mas os indicadores mostram um ligeira subida.

Em cada cem telemóveis, apenas três estarem equipados com o ICS é muito pouco, ainda para mais tendo em conta que existem milhões e milhões de Androids a serem utilizados. Ou seja, Ice Cream Sandwich, a melhor versão do sistema do robô verde, é bicho raro. Mas os números fracos do Android 4.0 são fáceis de perceber – maior parte das fabricantes ainda não lançou as suas actualizações, sendo que no caso da Sony a promessa é de que cheguem ainda durante o mês de Abril.

E esse é exactamente o problema do sistema operativo móvel da Google: a grande fragmentação em diversas versões e a fraca capacidade das empresas parceiras de acompanharem o ritmo de actualizações. A empresa de Mountain View não está livre de criticas neste capítulo, visto ter disponibilizado o ICS para o Nexus em Dezembro, interrompendo o update pouco depois por existirem imensas falhas. Já lá vão cinco meses de «gelado de bolacha» mas os utilizadores é que continuam com os seus telemóveis congelados – situação igualmente chata para os desenvolvedores que nem sabem para que plataforma programar.

Android Honeycomb (3.0) e Ice Cream Sandwich juntos apenas atingem uma quota de mercado androidiano de 6,2 por cento – mesma percentagem que o Eclair (2.1) e que foi lançado em Outubro de 2009. O pior ainda está para vir, pois dentro de poucos meses a Google irá lançar a nova versão do sistema operativo, o Jelly Bean. Quer isto dizer que enquanto muitos utilizadores ainda esperam pela versão 4.0, a 5.0 irá assombrar certamente os seus sonhos – e consequentemente fará aumentar a pressão nas fabricantes como a Samsung, LG e HTC que terão de acelerar as suas versões Ice Cream Sandwich, lançando-as possivelmente inacabadas e com bugs.. que precisarão de mais actualizações para ficarem resolvidos.

Mas os números mostram uma luz de esperança no fundo do túnel. No espaço de um mês a taxa de utilização do ICS nos smartphones mais do que duplicou, muito graças ao update para o Galaxy S II e para o HTC Sensation. Há um ano atrás, segundo relata o Engadget, a versão 2.3 do Android apenas registava um por cento de utilização em todos os smartphones com SO da Google, e no dia 2 de Março de 2012 era a versão mais usada, estando presente em 63,7 por cento dos dispositivos que acederam ao Google Play. A evolução do Gingerbread mostra que em poucos meses o Ice Cream Sandwich pode atingir fortes taxas de utilização, mas a gigante dos motores de busca não se safa de ter os utilizadores sempre a reclamar pelas actualizações.

As versões 1.5 e 1.6 do Android ainda rodam em alguns telemóveis mas os números apresentam pouca relevância, enquanto que a versão Froyo 2.2 é a segunda mais usada como 23,1 por cento. Espera-se que 2012 seja o ano do Ice Cream Sandwich e a chegada de novos telemóveis já com a versão 4.0 do Android instalada de origem deve fazer aumentar a percentagem de utilização nos resultados gerais.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here