IBM anuncia primeiro chip de 2nm do mundo

A gigante da tecnologia, IBM, vem anunciar a público a criação do primeiro chip 2nm do mundo, feito catalogada pela IBM como sendo um grande passo em frente da tecnologia de chips.

Em jeito de regozijo, a empresa afirma ter comprimido 50 bilhões de transístores num chip do tamanho de uma unha. Avança ainda, decantando já as qualidades do feito, que os processadores de 2nm podem usar 75% menos energia, para o mesmo desempenho, do que os chips de 7nm em CPU’s.

Noutras palavras, entende-se que esta arquitetura pode ajudar dos fabricantes de processadores a fornecer um incremento de 45% no desempenho com a mesma quantidade de energia em relação aos atuais chips de 7nm, ou o mesmo nível de desempenho usando menos 75% de energia, assegura a IBM. Vislumbra-se, assim, um equilíbrio entre a melhor performance e a maior eficiência de energia com recurso a chip 2nm.

Dispositivos móveis com processadores a base de chip 2nm podem ter quatro vezes a duração da bateria do que aqueles com chip 7nm, o que leva a IBM a concluir que os aparelhos só precisarão ser carregados a cada quatro dias. Quanto aos computadores portáteis, as vantagens poderão ser observadas no aumento da velocidade desses processadores, enquanto nos veículos autônomos estes detetariam e reagiriam mais rapidamente a objetos, conforme aclarou a IBM.

A tecnologia, segundo antevê a IBM; terá um impacto positivo na gestão da eficiência energética nas empresas de armazenamento de dados, de exploração espacial, de inteligência artificial, 5G e 6G, bem como de computação quântica.

Aparentemente, a IBM fez a descoberta do chip 2nm antes dos seus concorrentes. O M1 e A14 da Apple chegaram ao lado do Kirin 9000 da Huawei. Outros fabricantes, como AMD e Qualcomm, estão usando chips de 7nm da TSMC atualmente, embora o Snapdragon 888 da Qualcomm seja fabricado com tecnologia de 5nm da Samsung.

Quanto à Intel, é improvável que a empresa lance processadores de 7nm até 2023. Atualmente usa chips de 10nm e 14nm. No entanto, os chips da Intel tendem a ter maior densidade de transístor do que os dos rivais dentro do mesma padrão nm.

Ainda não existe uma data exata quanto vão estar disponíveis dispositivos com chips 2nm integrados. Entre o anúncio desses chips e o seu fabrico prevalecem muitos e variados desafios.

Garantia, para já, somente para os processadores de 7nm. A IBM planeia lançá-los, ainda no decorrer deste ano, nos seus servidores Power Systems. embora os processadores 2nm provavelmente levem pelo menos alguns anos para chegar aos computadores e telemóveis, convém saber que os CPU’s mais potentes e eficientes estão a caminho.

Fonte:Engadget

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here