Hyvia, joint-venture do grupo Renault e Plug Power, apresentam protótipos a hidrogénio

Há vários fatores que nos têm levado à procura de energias alternativas par ao transporte de pessoas e mercadores, com claro destaque para os automóveis elétricos, que têm ganho uma forte presença no mercado. Mas uma outra opção que pretende atacar o mercado automóvel, o hidrogénio. A Toyota é uma das primeiras com um automóvel movido a hidrogénio, mas hoje é anunciado uma nova marca para este mercado, a Hyvia.

A Hyvia resultado de uma joint-venture entre o Grupo Renault e a Plug Power, com o objetivo de anunciar carro para explorarem este novo “combustível”, numa fase inicial apenas para o transporte de mercadorias. Assim, hoje é anunciado o primeiro protótipo, o Renault Master Van H2-TECH.

A empresa diz que deseja implantar o seu próprio ecossistema baseado em hidrogénio, incluindo produção e distribuição de hidrogênio verde, e uma gama de veículos comerciais leves movidos a célula de combustível. David Holderbach, CEO da Hyvia, disse: “Tenho muito orgulho nesta apresentação dos nossos primeiros protótipos a hidrogénio. A HYVIA propõe soluções de mobilidade a hidrogénio, com uma oferta feita à medida dos nossos clientes, para enfrentar os desafios da mobilidade a hidrogénio. A HYVIA será capaz de implantar a totalidade do seu ecossistema em todos os territórios e frotas profissionais, para garantir uma mobilidade sem carbono. A HYVIA está a avançar rapidamente, reunindo os pontos fortes e as competências de dois líderes: o Grupo Renault e a Plug Power”.

blank

Disponível a partir de 2022, a Hyvia diz que o novo Master Van H2-Tech, que oferece zero emissões de CO2, um volume de carga de 12 m3 e um alcance de até 310 milhas (500 km), atenderá “facilmente” às necessidades das frotas. A carrinha de hidrogénio é equipada com célula de combustível de 30kW, bateria de 33kWh e quatro tanques contendo 6kg de hidrogênio.

A van em si é construída na fábrica da Renault em Batilly, enquanto a integração elétrica e de hidrogénio é concluída pela PVI, uma subsidiária do Grupo Renault com sede em Gretz-Armainvilliers. O motor elétrico é produzido na fábrica de Cleon, enquanto a montagem da célula de combustível começará na fábrica de Flins no final de 2021. Os tanques de hidrogénio são fornecidos pela Faurecia.

Protótipo Renault Master Van H2-TECH

  • O Master Van H2-TECH garante emissões zero CO2, um acréscimo de autonomia e tempos de reabastecimento mais rápidos.
  • É um grande comercial para o transporte de mercadorias e pacotes, com 12m3 de volume de carga e um alcance de até 500km, que estará disponível em 2022. Vai satisfazer as necessidades das empresas, grandes contas, frotas e comunidades locais. Hoje em dia, a mobilidade a hidrogénio é particularmente relevante para os veículos comerciais ligeiros: sendo perfeita para alargar a autonomia com cargas elevadas e uma utilização intensiva.
  • O Master Van H2-TECH é equipado com uma pilha de combustível (fuel cell) de 30kW, uma bateria de 33kWh e depósitos com capacidade para 6 kg de hidrogénio (4 depósitos de 1,5 kg).

blank

Protótipo da Estação de Abastecimento de Hidrogénio

A Estação de Abastecimento de Hidrogénio da HYVIA permite um tempo de abastecimento muito rápido: 5 minutos, tão simples como um motor térmico, para maximizar a disponibilidade do veículo.

  • A forma como esta estação funciona é simples:
    • O hidrogénio fornecido será gerado no local, utilizando a eletrólise da água ou fornecido a granel, com recurso a semirreboques com tubos de hidrogénio.
    • O sistema comprime o H2 em armazenamento, antes de o distribuir para o veículo quando necessário.

E é tudo uma questão de segurança: os nossos sistemas são concebidos para cumprir todos os regulamentos e as melhores práticas.

  • Os Postos de Abastecimento de Hidrogénio da HYVIA estarão disponíveis para compra, aluguer ou em leasing.

Um ecossistema HYVIA único e completo

Estes protótipos são um primeiro exemplo do ecossistema HYVIA, incluindo a produção (eletrolisadores) e a distribuição de hidrogénio verde (Estação de reabastecimento de hidrogénio), com uma gama de veículos comerciais ligeiros movidos a pilhas de combustível (Van, Chassis Cab e Citybus), que complementam os automóveis elétricos a bateria.

Próximos protótipos a chegar:

  • Master Chassis Cab H2-TECH: um grande comercial com ainda mais espaço de carga (19m3) e uma autonomia de cerca de 250km.
  • Master Citybus H2-TECH: um miniautocarro urbano, com uma capacidade de até 15 passageiros, que é ideal para empresas, municípios e serviços públicos locais, com uma autonomia de cerca de 300 km.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here