Huawei Watch 3 tem versão em titânio, conta com eSim e o novo HarmonyOS 2.0

A Huawei anunciou os seus primeiros smartwatches rodando o seu próprio sistema operativo HarmonyOS, o Huawei Watch 3 e o Huawei Watch 3 Pro. Em teoria, é o terceiro sistema operacional separado que a Huawei usa para seus smartwatches, que originalmente rodavam o Android Wear do Google (agora Wear) antes de apresentar seu próprio software LiteOS com dispositivos mais recentes, sendo que ainda mantêm vários aspetos do seu sistema operativo anterior.

Apesar do novo sistema operativo, o Watch 3 oferece um conjunto de recursos semelhante aos wearables anteriores da Huawei. As novas adições incluem uma ecrã inicial redesenhada que agora consiste em uma grade de aplicativos no estilo watchOS em vez de uma lista (embora esteja livre para voltar para uma lista se preferir), e também há suporte para chamadas de vídeo por meio do próprio serviço MeeTime da Huawei .

Embora seja marcado como um dispositivo HarmonyOS, a longa duração da bateria do Watch 3 sugere que seu sistema operacional é significativamente diferente da versão do HarmonyOS que a Huawei irá usar nos seus novos tablets, sendo a explicação para isto a utilização por parte do HarmonyOS de vários kernel do LiteOS em dispositivos de baixa potência.

O design do Watch 3 não difere muito dos smartwatches anteriores da Huawei. Ele tem uma ecrã OLED circular de 1,43 polegadas com uma taxa de atualização de 60 Hz e um brilho máximo de 1.000 nits. O ecrã é de ponta a ponta, então não há moldura giratória neste smartwatch. Em vez disso, o controla por meio de uma coroa giratória, semelhante a um Apple Watch. O relógio está disponível em alguns estilos diferentes, incluindo um modelo “ativo” com pulseira de borracha, um modelo “clássico” com couro e uma versão “elite” com pulseira de metal.

Para rastreamento de atividade, o relógio apresenta muitos dos mesmos sensores dos modelos anteriores, incluindo rastreamento de frequência cardíaca, um sensor de SpO2 e rastreamento de sono. Mas a novidade para esta versão é um sensor de temperatura, que a Huawei indica que pode monitorizar continuamente a temperatura da sua pele ao longo do dia. A Huawei diz que o relógio suporta uma centena de modos de treino diferentes, que vão desde corrida a escalada, ciclismo e natação.

O suporte para eSIM repete-se do Watch 2 Pro, o que significa que o Watch 3 também pode ser operado independentemente de um telefone com sua própria conexão 4G LTE. O relógio oferece suporte para chamadas de voz diretamente e também há suporte para chamadas de vídeo por meio do serviço MeeTime da Huawei (embora não haja nenhuma confirmação se o relógio funcionará com outros serviços de videochamada como o WhatsApp).

Com o 4G ativado, a Huawei diz que deve obter cerca de três dias de vida útil da bateria do Watch 3, mas isso se estende para 14 dias se estiver disposto a desligar o 4G e usar o telefone no “modo de ultra longa duração”. Mesmo neste modo de baixo consumo de energia, a Huawei diz que ainda deve ser capaz de rastrear a sua atividade e exercícios, e seus mostradores de relógio ainda estarão animados. Quando é hora de carregar, o Watch 3 oferece suporte para carregamento sem fio Qi, o que considero a melhor opção, em vez de carregadores com pinos proprietários.

Além do Watch 3, a Huawei também anunciou o Watch 3 Pro, que oferece até cinco dias de vida útil da bateria com o 4G ativado e até 21 dias no modo de bateria longa. Outras melhorias incluem uma construção de titânio mais premium e rastreamento GPS mais preciso.

O suporte a aplicativos de terceiros ainda é um grande ponto de interrogação sobre os primeiros relógios HarmonyOS da Huawei. Como sempre, a Huawei promete que está a trabalhar com os programadores para trazer as aplicações para os seus dispositivos e exibiu uma variedade de logotipos de aplicativos, incluindo um para a companhia aérea dos Emirados.

Mas, além disso, não havia nenhum logotipo de aplicativo para serviços reconhecidos na Europa e a Huawei não confirmou o suporte de nenhum dos principais serviços de streaming de música, sendo que é possível que, como o equipamento foi apresentado na China, o foco da marca tenha sido o mercado interno nesta situação.

Em Portugal, os novos smartwatch Huawei Watch 3 estarão à venda a partir do dia 1 de julho, sendo que a partir do dia 7 de junho inicia-se a pré-venda dos relógios com uma oferta dos auriculares Huawei FreeBuds 4i. Os preços dos relógios são os seguintes:

  • PVP: Huawei Watch 3: Versão Active: 369,99€
  • PVP: Huawei Watch 3: Versão Classic: 429,99€
  • PVP: Huawei Watch 3: Versão Pro: 599,99€

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here