Huawei pode ter serviços concorrente à Google prontos até ao final de dezembro

Red Magic 3S

A proibição da Huawei influenciou fortemente a estratégia e da empresa, mas a fabricante chinesa continua a apostar forte no mercado e não está a demonstrar qualquer tipo de fraqueza ou recuou na sua estratégia.

Segundo uma nova informação do site Economic Times, que cita fonte oficial, a Huawei tem estado próxima dos programadores indianos para criar alternativas da Huawei aos aplicativos mais populares do Google. A proibição proibiu os novos dispositivos Huawei e Honor de pré-instalar aplicações que muitas pessoas usam como Maps, Google Drive ou Gmail.

O CEO da Huawei e da Honor India disse à ET que já “Temos nosso próprio HMS e estamos a tentar construir um ecossistema móvel. A maioria das principais aplicações, como navegação, pagamentos, jogos e mensagens, estará pronta no final de dezembro.”, o que é uma excelente notícia para a empresa.

O ecossistema de aplicativos do Google é muito vasto e quase fundamental para grande parte dos utilizadores e a Huawei quer criar alternativas fiáveis para os seus equipamentos. Google Play Games, Google Maps, Gmail, Google Pay, YouTube e Google Play Store são aplicações para o qual a fabricante chinesa tem de criar alternativas viáveis para que os seus equipamentos sejam apelativos para os clientes e isso que têm feito. A lojas de aplicações da Huawei já conta com muitas das principais aplicações, mas ainda falta muito para conseguir ser uma “rival” da Google.

Atualmente, a Huawei está em negociações com os programadores das 150 principais aplicações da Índia para que elas marquem presença na App Gallery da Huawei (a alternativa à Google Play Store), algo muito importante para a marca num país que está em franco crescimento e onde a fabricante quer ter uma presença forte, já que também conta com concorrência de peso, como a Xiaomi.

Segundo o site, a Huawei está a oferecer grandes incentivos aos programadores indianos para integrar as suas aplicações nos Serviços Móveis da Huawei, graças ao seu fundo de mil milhões de dólares que canalizou para a criação dos Huawei Services.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here