Huawei oficializa o MatePad Pro: um tablet topo de gama com Android 10 mas sem Google

Os ecrãs perfurados têm diso uma tendência que se iniciou durante este ano no segmento dos smartphones, mas que ainda não tinha sido visto em outros equipamentos. Agora a Huawei quer levar esta ovidade para os tablets, nomeadamente o MatePad Pro.

Este novo produto é um tablet topo de gama que tem como objetivo competir com iPads e Samsung Galaxy Tab S6 e, em termos de especificações, certamente que tem o que é preciso para fazer uma concorrência num mercado que não está a crescer, mas ainda conta com muitas vendas.

No novo Huawei MatePad Pro conte com um ecrã AMOLED de 10,8 polegadas com resolução de 2560×1600 pixels e proporção de 16:10. A Huawei diz que as margens são de apenas 4,9 mm, o que certamente ajuda na ocupação de 90% de ecrã na área frontal do equipamento. A câmara perfurada no ecrã conta com uma câmara frontal de 8MP, sendo que também tem uma configuração de quatro speackers.

O MatePad Pro é alimentado pelo processador topo de gama da Huawei, o Kirin 990, acompanhado por 6Gb ou 8GB de RAM e 128GB ou 256GB de armazenamento, estando, também, disponíveis versões Wifi e 4G, sendo que uma versão 5G deverá surgir no início de 2020. O equipamento pesa 460 gramas e mede 159 x 245 x 7,2 mm, enquanto na área traseira encontramos uma câmara de 13MP.

No lado do software, temos o EMUI 10 baseado na mais recente versões do Android 10, no entanto, tal como acontece com os novos smartphones Huawei Mate 30, o equipamento não conta com o pacote Google Mobile Services. Uma das funcionalidades interessantes é que este novo tablet permite emular um smartphone Huawei no ecrã em tempo real, bem como tem uma versão LapTop, com uma interface mais tradicional para o PC e uma funcionalidade com várias janelas. Provavelmente similar ao que já conseguimos ao ligar um ecrã aos smartphones topo de gama da Huawei.

A capacidade da bateria é de 7.250 mAh e suporta Huawei SuperCharge de 40 W, carregamento sem fio de 15 W e carregamento sem fio reverso de 7,5 W, as principais tecnlogias no mercado de carregamento da fabricante, além de também incluir o suporte à stylus M-Pen para interação e desenho com melhor qualidade e precisão.

O MatePad Pro estará disponível nas cores Branco, Preto, Verde e Laranja, a partir de CNY 3.299 (R$1965 ou 425€) para o acabamento Wi-Fi básico de 6 / 128GB. As versões 4G começam em CNY 3.799 (R$2263 ou 489€) para o modelo de 6 / 128GB e CNY 4.499 (R$2680 ou 579€) para a versão de 8 / 256GB.

As pré-encomendas iniciam-se hoje na China, sendo que o equipamento chega ao mercado no dia 12 de dezembro, o entanto, não foi feito qualquer referência ao lançamento global do novo tablet. Provavelmente, porque sem os Google Services o seu lançamento fica sempre limitado para o consumidor ocidental, que está habituado às aplicações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here