Huawei já produziu mais de um milhão de smartphones com ArkOS

As novidades em relação ao problema da Huawei com os Estados Unidos continuam, no entanto tem surgido a possibilidade de aumentar a licença temporária durante mais três anos. Desde que todo este alvoroço começou, temos tido conhecimento de detalhes sobre a estratégia que está a Huawei está a preparar e, vendo que o Android é um de seus maiores problemas, não deverá faltar muito para conhecermos o seu próprio sistema operativo: ArkOS (ou outro nome).

Sobre este sistema operativo sabemos muito poucas coisas e as que sabemos, também não são totalmente fiáveis. Até já foram divulgadas algumas imagens do suposto sistema operativo que está a ser preparado pela a Huawei, que deverá ser um fork do Android, uma alteração baseada no AOSP (Android Open Source Project). Agora, um novo comunicado da marca para um site chinês afirma que a Huawei já fabricou mais de um milhão de smartphone com este novo sistema operativo.

A Huawei assegura que o ArkOS será mais rápido e mais seguro que o Android, de acordo com as declarações da marca para as pessoas da China Daily. O que não sabemos é se estes smartphones também estarão livres de qualquer empresa americana, ou se são produzidos simplesmente para testar o novo sistema operativo da marca. Uma das coisas que pode tranquilizar os utilizadores é que a Huawei afirmou que o ArkOS será compatível com qualquer aplicação Android, mas estão a trabalhar com programadores para que trabalhem em conjunto com eles para lançar novas aplicações mais otimizadas para ArkOS.

Desta forma, a confirmar-se, o novo sistema operativo da huawei poderá ter as mesmas aplicações que podemos encontrar no Google Play, desde que, de alguma forma, o apk, o ficheiro de instalação, esteja disponível. Para isso, a Huawei poderá estabelecer uma parceria com a AppToide, a loja de aplicações portuguesa que se afirma como a terceira maior loja de aplicações do mundo, logo a seguir à Play Store e à App Store.

Segundo declarou a Huawei anteriormente, o ArkOS acelera o sistema, aumentando até mesmo 60% a abertura de aplicativos de terceiros em relação ao que temos no Android hoje em dia. A marca já garantiu que será mais seguro que o Android, pois terão mais controle sobre o seu próprio sistema operativo, algo oposto ao que a Google afirmou para tentar convencer o governo americano para que a empresa continuasse a trabalhar com a fabricante chinesa.

De momento, ainda não temos qualquer informação oficial sobre o assunto já que ainda ninguém publicou qualuqer informação ou imagem sobre esses smartphones com ArkOS, no entanto, e isto estamos todos de acordo, é bom que isto se resolva rapidamente, par ao bem de todos.

Fonte : China Daily

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here