Huawei: Em breve vão disponibilizar licenças para as companhias nos EUA

Desde maio, quando o Departamento de Comércio dos EUA adicionou a Huawei à sua lista negra, ouvimos sobre possíveis soluções para esse problema. A lista negra basicamente negou que as empresas americanas negoceiem hardware e software com a Huawei, causando enormes perdas para ambas as partes, sendo que a consequência mais pública direta foi o lançamento do Huawei Mate 30 sem os serviços da Google.

Em julho, o Departamento de Comércio dos EUA anunciou planos para começar a emitir licenças especiais para empresas de tecnologia dos EUA que desejam manter relações comerciais com a China. Essas licenças abrangerão apenas componentes amplamente disponíveis e não representarão uma ameaça à segurança nacional, é claro que há grande interesse quando mais de 130 empresas norte-americanas solicitarem certificação, nomeadamente para com a Huawei que é uma das principais fabricantes chinesas.

Mas felizmnete parece haver boas notícias, Wilbur Ross, secretário para o comércio, confirmou que o número de pedidos agora dobrou para 260, e a licença será emitida “em breve”. Numa entrevista com a Bloomberg, Ross disse que os pedidos já es~tao a ser revistos, mas mencionou que nem todas as empresas devem esperar a luz verde.

Talvez a empresa mais importante entre os 260 candidatos é o Google. Novos dispositivos Huawei, como a série Mate 30, sofrem com a falta de serviços do Google fora da China. Se a Huawei conseguir colocar os serviços móveis do Google, são excelentes notícias e facilitará a venda do equipamento no mercado global.

Embora a aprovação dessas licenças não tenha um prazo específico, é certamente um passo em frente na “saga” da proibição da Huawei. Segundo os rumores, os Estados Unidos estão prestes a chegar a um acordo comercial de com a China no final deste mês, e se tudo correr bem, podemos ver a série Mate 30 e futuros smartphones Huawei com os serviços da Google

Fonte: Bloomberg

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here