Huawei e ZTE consideradas uma ameaça à segurança dos EUA

Uma comissão da Câmara dos Representantes recomendou que as empresas norte-americanas evitem negócios com as duas fabricantes chinesas por estar em causa a segurança do país.

A notícia é publicada pela agência Reuters, que indica que a comissão já terminou o relatório sobre as duas empresas tecnológicas chinesas, a ZTE e a Huawei, empresas tecnológicas que estão a crescer no mercado mundial.

Segundo o relatório, as empresas chinesas não cooperaram com a comissão de forma a esclarecer as dúvidas que os membros da comissão tinham em relação à relacionamento entre as empresas e o governo chinês.

A comissão acredita que a China tem meios para usar as empresas chineses em questão para fins maliciosos, tendo em conta  crescimento das empresas e a importância que está a ter nos EUA, a comissão acredita que as empresas não estão livres de possível pressão de um país estrangeiro.

A comissão indica que recebeu várias acusações de empregados ou ex-empregados da Huawei de que a empresa é passível de subornos e corrupção.

Ambas as empresas refutam a acusação e a Huawei foi mais longe, acusa de influência política em todo o processo que chegou a esta conclusão.

Huawei é o segundo maior fabricante mundial de routers e outros equipamentos para telecomunicações, sendo a Ericsson a primeira, enquanto a ZTE está na 5.ª posição, mas no mercado de telemóveis está no 4º lugar, enquanto a Huawei está em 6.º.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here