Huawei afirma que os equipamentos mais antigos continuarão a receber as actualizações do Android

A “guerra” parece continuar entre a Google e a Huawei, ou podemos dizer, entre os Estados Unidos da América e a China? Porque efectivamente tudo parece indicar não passar de interesses económicos tanto de um lado como do outro.

Se durante esta semana tinha surgido, e relatado por nós, que os equipamentos mais antigos da Huawei podiam vir a deixar de receber actualizações de segurança e do sistema operativo Androidos equipamentos mais antigos da Huawei podiam vir a deixar de receber actualizações de segurança e do sistema operativo Android, passados poucos dias eis que a fabricante Chinesa já veio se manifestar. E como seria de esperar, veio contrariar os últimos rumores ao afirmar que os equipamentos actualmente existentes da marca irão continuar a receber todas as actualizações associadas ao Android.

Huawei says existing devices will continue receiving Android updates

Como bem nos lembramos, foi durante o ano passado que a Google parou de fornecer todo o código não público de software à fabricante Chinesa Huawei. Foi no entanto providenciado algumas medidas de alívio às restrições impostas o que permitiu que actualizações importantes tivessem continuado a chegar aos equipamentos existentes.

Tal como referimos em outro artigo, a licença geral temporária expirou durante esta semana e com ela surgiu então os rumores onde todos os equipamentos da Huawei e Honor iriam ficar sem actualizações de segurança e do Android. E tal como também deixámos no ar, estávamos à espera de mais desenvolvimentos. Não tivemos de esperar muito.

A Huawei afirma com convicção que os seus equipamentos produzidos antes do banimento não sofrerão qualquer impacto devido ao mesmo, pelo que irão continuar a receber todas as actualizações. Em relação aos equipamentos mais recentes, ou seja todos aqueles produzidos após a data da medida imposta pelos EUA, as actualizações serão então geridas pelo AppGallery da própria marca.

Ficamos então e mais uma vez, a aguardar uma resposta da Google a confirmar de facto estas afirmações da Huawei, dado que a Google já tinha informado que iria continuar a seguir as indicações que o Governo dos Estados Unidos lhe fornecessem.

Fonte: PhoneArena

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here