HTC Exodus: smartphone baseado na BlockChain que pode salvar a HTC?

13 de Julho de 2018
2 Partilhas 23 Visualizações

A HTC tem passado por tempos complicados, com o claro aumento do desinteressa pela marca de grande parte dos utilizadores, que apesar de lançar smartphones topo de gama e diferentes da concorrência, não tem conseguido convencer os utilizadores.

E o resultado está à vista, com o anúncio do número de vendas dos últimos meses a serem muito más para a empresa. Aliás, os resultados já estão a causar diversos despedimentos ma HTC e o futuro da empresa pode, mesmo, estar em perigo. Mas isso não impede a fabricante de tentar inovar e o anúncio do HTC Exodus pretende dar uma lufada de ar fresco à empresa.

Comecemos com uma breve explicação sobre o que é BlockChain. E nada melhor como citar a Wikipédia para mais facilmente compreender a definição base desta tecnologia.

blockchain (também conhecido como “o protocolo da confiança”) é uma tecnologia que visa a descentralização como medida de segurança. São bases de registros e dados distribuídos e compartilhados que têm a função de criar um índice global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado. Funciona como um livro-razão, só que de forma pública, compartilhada e universal, que cria consenso e confiança na comunicação direta entre duas partes, ou seja, sem o intermédio de terceiros. Está constantemente crescendo à medida que novos blocos completos são adicionados a ela por um novo conjunto de registros. Os blocos são adicionados à blockchain de modo linear e cronológico. Cada nó – qualquer computador que conectado à essa rede tem a tarefa de validar e repassar transações – obtém uma cópia da blockchain após o ingresso na rede. A blockchain possui informação completa sobre endereços e saldos diretamente do bloco gênese até o bloco mais recentemente concluído.

Ora, a ideia base do HTC Exodus é descentralizar o software e a informação, fazendo com que as aplicações deixem de ser centralizadas, bem como aumenta a segurança dos dispositivos a um novo nível. Já há vários projetos de smartphones com esta ideologia, sendo que é a ideologia que fez as criptomoedas saltar para a ribalta e a Bitcoin chegou a valer mais de 10 mil dólares.

O site dedicado ao smartphones já está online, no htcexodus.com, sendo que poderá inscrever-se e saber as novidades sobre o equipamento. No entanto, em termos de hardware ainda nada é conhecido, sendo que a HTC apenas promete hardware de confiança e protocolos de segurança de grande nível, sendo que o smartphone também servirá para obter criptomoedas e transformar-se na sua carteira universal.

Outra novidade que a HTC trás para o mobile é uma parceria com a CryptoKitties, o maior jogo construído utilizando a tecnologia Bloackchain. Este jogo permite criar e colecionar criaturas digitais, que os utilizadores podem trocar entre eles e permite biliões de combinações possíveis.

Para jogar este jogo, não terá de esperar por este smarpthone, já que esta parceria permite À HTC trazer já o jogo para os seus smarpthones, sendo que o topo de gama HTC U12+ será o primeiro smartphone a ter o jogo disponível e, posteriormente, deverá chegar a outros smartphones da fabricante de Taiwan.

Fonte: The Verge

Artigos interessantes

Comcast “vence” a Disney e consegue adquirir a Sky
Multimedia
21 Visualizações
Multimedia
21 Visualizações

Comcast “vence” a Disney e consegue adquirir a Sky

José Candeias - 22 de Setembro de 2018

A Comcast ganhou um leilão para adquirir a companhia de telecomunicação Sky. Conseguiu adquirir a companhia pelo preço astronómico de…

Análise Philips Sonicare 6100: a tecnologia na higiene oral
Análises
30 Visualizações
Análises
30 Visualizações

Análise Philips Sonicare 6100: a tecnologia na higiene oral

Bruno Peralta - 22 de Setembro de 2018

O mercado da higiene oral e dentária tem sido uma boa vítima do oferta dos seus players no mercado, com…

Estudo alerta para maior segurança online no regresso às aulas
Internet
25 Visualizações
Internet
25 Visualizações

Estudo alerta para maior segurança online no regresso às aulas

Daniela Azevedo - 22 de Setembro de 2018

Um estudo realizado pela especialista em cibersegurança, ESET, mostra alguns receios que os pais enfrentam com a segurança dos seus filhos…

Comente

O seu email não será publico

Partilhe nas Redes Sociais

Se gosta do artigo, partilhe com os seus amigos