Homem gasta mais de U$ 1 milhão em conta de jogo, e seu ‘amigo’ vende conta por 460€

Como sabemos, os jogos são divertidos e viciantes. E muita gente investe pesado em jogos principalmente quando existe um certo vício envolvido. Muita gente acaba investindo centenas, milhares e até milhões em dinheiro para conseguir satisfazer os seus desejos nos jogos.

No entanto, alguns problemas podem surgir e esse investimento acabar sendo um desperdício. Por exemplo, esse vício pode acabar ou alguém não relacionado pode acidentalmente acabar vendendo a querida conta…

E os casos são inúmeros, mas alguns conseguem ganhar destaque. Como é o caso do qual iremos comentar aqui.

Mais de U$ 1 milhão se perdem

De acordo com o South China Morning Post, um homem na China gastou US $ 1,08 milhão em seu personagem no MMORPG Justice Online. Seu amigo acidentalmente vendeu o referido personagem por meras £ 430. O homem entrou com uma ação contra a empresa de jogos NetEase e seu amigo. Ou melhor, ex-amigo agora.

O amigo, seu réu, havia emprestado o personagem e, segundo informações, tentou vendê-lo de volta ao homem por 388.000 yuanes (42.850 libras). Em vez disso, foi listado por 3.888 yuan (£ 430) no mercado de jogos da NetEase e logo foi comprado por outro jogador não relacionado. Durante a mediação que se seguiu, o réu alegou que o preço surpreendentemente baixo era devido a um erro de digitação induzido por exaustão após uma sessão de maratona.

O South China Morning Post relata que o processo foi resolvido por um juiz que mediou o processo on-line. As autoridades da China agora estão apontando para essa mediação como uma maneira de os juízes supervisionarem remotamente as disputas legais.

No acordo, a NetEase cancelou a transação, e o autor foi condenado a pagar 90.000 yuanes (9.940 libras) em danos ao jogador que comprou o personagem de US $ 1,4 milhão por um preço baixo.

Enfim, com isso confirmamos mais uma vez a importância da privacidade. Senhas existem para nos proteger, e elas devem ser pessoais. E sim, acidentes irão ocorrer sempre, por isso, é sempre bom ter cuidado…

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here