Homem culpado de cyber ataques (DDoS)

Red Magic 3S

O co-fundador de um serviço para proteger websites de cyber ataques declarou-se culpado de ter lançado ataques (DDoS).

Tucker Preston é o co-fundador da BackConnect. A BlackConnect é uma empresa de cyber segurança. Esta empresa afirma vir a ser a nova empresa standard de mitigação de DDoS. No entanto, Tucker Preston foi acusado de ter organizado ataques DDoS a uma empresa não identificada publicamente. Tucker Preston, mais tarde deu-se como culpado nesta situação.

Um documento proveniente do tribunal afirma que os ataques em questão ocorreram entre 2015 e 2016. Brian Krebs, um perito em cyber segurança e também bloguer, publicou as noticias da acusação online, tornando, assim, o caso público.

O que acontece durante um ataque de DDoS é um aumento substância de tráfego da internet. Um website que seja atacado é inundado de imenso tráfego online. Esta alta actividade, especialmente se ocorrer de repente, trata-se de uma tentativa de causar problemas de utilização. O pior cenário que pode ocorrer deste grande aumento de tráfego é fazer com que o website vá abaixo. O website ao ir abaixo fica offline e deste modo os utilizadores não o podem consultar ou navegar, o que pode fazer com que o website perca visualizações e potencialmente negócio.

Tucker Preston, original da Georgia, alegadamente organizou os ataques à empresa que foi lesada através do uso de servidores localizados em New Jersey (informação divulgada pelo departamento da Justiça dos Estados Unidos da América).

Segundo o departamento acima referido, o facto de Tucker Preston ser culpado significa que pode ser castigado com uma pena máxima de 10 anos na prisão e ainda uma multa, que pode atingir um máximo de $250 000, ou então o dobro do ganho ou perca bruta que resulta da ofensa em questão.

Segundo o que está planeado pelo tribunal, Tucker Preston vai ter a sua sentença lida em maio deste ano.

Fonte: BBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here