Hackers conseguiram entrar em algumas contas Twitter!

Red Magic 5G

Twitter avisou que hackers a fingirem fazer parte do governo possam ter tido acesso aos contactos telefónicos de alguns utilizadores. Uma investigação de segurança descobriu uma falha nas suas informações de contacto. Falha essa que ocorreu em dezembro e que permitiu que os contactos telefónicos de políticos fossem consultados.

Durante essa altura o Twitter disse que existiu um número alto de pedidos para aceder à plataforma vindos do Irão, Israel e Malásia. No entanto o Twitter não partilhou quando contactos tinham sido expostos.

Numa declaração publicada no próprio Twitter, a plataforma afirma que alguns dos endereços que foram expostos sejam de pessoas que trabalham para o Estado. Também adiantaram que estão a partilhar essa informação por principio e por precaução. Não houve detalhes sobre o modo como tal pudesse ter ocorrido mas uma pista pode estar ligada com os utilizadores do Irão terem conseguido aceder à plataforma apesar de a mesma estar banida no pais.

Em dezembro a TechCrunch relatou que o investigador Ibrahim Balic tinha conseguido ligar cerca de 17 milhões de contactos telefónicos a contas do Twitter.

Supostamente, a ferramenta do Twitter seria para as pessoas que já tinham o contacto telefónico ser ligado à conta do Twitter.

Ibrahim Balic conseguir gerar mais de 2 bilhões de contactos e fazer o seu upload no Twitter através da aplicação. Durante 2 meses ele conseguir ligar os números a utilizadores em Israel, Turquia, Irão, Grécia, Armenia, França e Alemanha.

No entanto, ele não alertou o Twitter para esta vulnerabilidade, mas incluiu os números numa conversa de WhatsApp para alertar o lesados.

A fallha foi resolvida pelo Twitter no final de dezembro. No seu blog, a plataforma diz que fez mudanças à definição que causou problemas pelo que agora não se consegue remeter para a conta do utilizador. A plataforma também pediu desculpas pelo que aconteceu.

Fonte: BBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here