Há instituições portuguesas que vão ajudar a ESA a detetar plásticos no mar a partir do Espaço

Red Magic 3S

O lixo no mar é um flagelo. Nos últimos anos vários alertas têm acontecido nesse sentido e por mais que algumas pessoas sigam a iniciativa de Xico Gaivota, estas boas ações não chegam para remediar o mal que já está instalado bem nas profundezas.

A preocupação estende-se a nível mundial mas faltavam iniciativas capazes de responder a tão grave problema. Agora a ESA – Agência Espacial Europeia que já vinha a trabalhar em metodologias óticas capazes de detetar lixo no mar anunciou que assinou um contrato para validar e desenvolver uma tecnologia para futura utilização em satélites de monitorização.

Há instituições portuguesas que vão ajudar a ESA a detetar plásticos no mar a partir do Espaço. Uma delas é o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (INESC TEC) que ao abrigo do projeto XFLEX HYDRO assinou já um contrato com o Programa Tecnológico de Apoio Geral da ESA.

Esta parceria vai centrar-se no teste de tecnologias de perceção sensorial capazes de detetar plásticos no mar, em zonas mais costeiras e focando-se em águas pouco profundas.

Os testes vão decorrer entre maio e junho deste ano, através de aviões tripulados e drones. Estes testes vão acontecer ao largo do Faial, na Ilha dos Açores.  Estes testes vão consistir em medições com sensores hiper-espectrais para detetarem de forma remota lixo no mar. Este é o primeiro objetivo. Numa fase posterior, o objetivo irá passar por “avaliar a capacidade de identificar os diferentes tipos de plásticos com base nas suas assinaturas espectrais”, de acordo com o investigador e docente do Instituto Superior de Engenharia do Porto, Eduardo Silva.

O objetivo último é a resolver o problema mundial da poluição dos oceanos devido ao plástico.

Este projeto integra o IMAR/ Centro Okeanos da Universidade dos Açores e o AIR Centre e tem o apoio do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia.

Fonte: Tek

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here