Guerra anunciada: Zuckerber terá dito que o Facebook tem de “causar dor” à Apple

Embora não seja segredo que as tensões entre a Apple e o Facebook estão a crescer a passos largos, um relatório do The Wall Street Journal lançou mais lenha para a fogueira desta “guerra” entre as duas empresas. Segundo o site, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, terá dito aos seus funcionários que “precisamos infligir dor” à Apple em resposta aos comentários “extremamente simplistas” feitos por, Tim Cook.

No escândalo Cambridge Analytica em 2018, Tim Cook foi questionado sobre o que ele teria feito se estivesse a gerir o Facebook na época. Ele afirmou que essa situação nunca aconteceria com ele e criticou o Facebook por invadir a privacidade dos utilizadores, sendo que mais recentemente criticou a era de desinformação e teorias de conspiração que existem com a ajuda de algoritmos, numa conferência sobre privacidade.

Apesar de os dois CEOs terem-se encontrado 2017 para tentar resolver a situação, parece que não resolveu, segundo o WSJ. Há alguns anos que as duas empresas estão de costas voltadas e esta profundada separação veio à tona após anunciar a mais recente atualização do iOS 14.5, que obrigará a uma mudança de privacidade do sistema operativo móvel da Apple.

No ano passado, a Apple anunciou que as aplicações iOS terão de pedir permissão aos utilizadores para rastreá-los em outros sites e aplicações, sendo que a Apple deu aos programadores algum tempo para se preparar para esta mudança, que deverá acontecer durante a primavera. No entanto, isto veio beliscar o Facebook e o rastreio que faz dos utilizadores.

A rede social alegou que a mudança afetará a sua receita, já que uma grande parte de seu modelo de negócios depende da monitorização da atividade do utilizador para a segmentação de anúncios. O Facebook até considerou entrar com um processo contra a Apple por políticas anticompetitivas e ainda se ofereceu para fornecer à Epic Games documentos para ajudar na batalha legal que a empresa tem com a Apple. O WSJ indica mesmo que o Facebook estará a utilizar os loobies e a influência que tem no governo para tentar pressionar a Apple.

Juntando-se a tudo isto, o Facebook e a Apple também deverão ser concorrentes de mercado em breve, na realidade virtual. O Facebook detém os Oculus, enquanto os vários rumores apontam que a Apple já se encontra a testar os seus primeiros óculos de realidade virtual ou realidade aumentada.

Fonte: The Wall Street Journal

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here