Greve da NAV cancela e atrasa voos

Red Magic 3S

Os trabalhadores do setor de aviação e aeroportos, NAV, estão hoje em greve. Forma cerca de 21 os voos cancelados com partida e chegada a Portugal e mais de cem os que sofreram atrasos devido à greve. O aeroporto mais afetado está a ser o da Portela. Os trabalhadores da NAV estarão em greve entre as 07:00 e as 09:00 e as 14:00 e as 16:00 de hoje.

No aeroporto da Portela antes das 8h da manhã já tinham sido cancelados dez voos de partida, sete deles da TAP, e onze de chegada, quatro da TAP e cinco da EasyJet, segundo avança o Jornal de Notícias. Há mesma hora registaram-se atrasos e problemas em 40 voos de partida, 24 de Lisboa, 10 do Porto e 6 de Faro. O JN adianta ainda que 66 voos de chegada foram afetados com a greve, verificando-se mais consequências em Lisboa, em 50 voos, no Porto em 10 e no Algarve em 6.

A greve está presente em todos os estabelecimentos da NAV Portugal, incluindo o grupo ANA, a ANAM – Aeroporto da Madeira, a Portway, a TAP, a UCS – Cuidados Integrados de Saúde, a PGA, a Megassis (empresa de engenharia informática do grupo TAP), a SATA Açores, a SATA Internacional e a SATA Gestão de Aeródromos. Os trabalhadores da empresa Groundforce  – assistência em terra – não estão a fazer greve devido a um acordo sobre o Acordo de Empresa que está a ser cumprido.

O Jornal de Notícias avança ainda os motivos da greve por parte do SITAVA: “contra o não cumprimento dos Acordos de Empresa e o esbulho dos rendimentos, designadamente os subsídio de férias e de Natal, o trabalho suplementar, as anuidades/ diuturnidades”.

O representante da NSV – empresa responsável pela gestão do espaço aéreo português -, Carlos Felizardo, afirmou à agência lusa que a adesão entre as 7h e as 9h rondou os 100%. Além da paralisação desta manhã estão previstas paragens por parte dos trabalhadores da NAV entre as 14 e as 16 horas e as 21 e as 23 horas de hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here