Google vence a Amazon no serviço de entrega por drone

Uma startup que pertence a uma empresa do Google, a Alphabet, acaba de obter aprovação da Autoridade de Segurança da Aviação Civil da Austrália, para um dos primeiros serviços de entrega de drones do mundo. Sob a marca Alphabet, a Wing formou a sua própria empresa e planeia lançar seu primeiro serviço de entrega comercial em Canberra, na Austrália.

A Wing tem estado em testes com o projeto há cerca de 18 meses e já efetuou 3.000 entregas. Aquando o seu lançamento oficial, o serviço antes de se expandir gradualmente, apenas estará disponível para um número limitado de residências na zona de Canberra.

O projeto Wing, permite aos usuários fazerem o pedido através de um aplicativo, para entregas feitas por drones, em poucos minutos. A experimentar como cliente da Wing com o serviço de entregas, a Kickstart Expresso, participou num video de demonstração:

“O feedback que recebemos durante os testes foi valioso, ajudando-nos a refinar nossas operações para melhor atender às necessidades e expectativas das comunidades nas quais operamos. Continuaremos a nos envolver com a comunidade local e as partes interessadas à medida que expandimos nosso serviço”. Dito pela Wing num post do seu blog.

Durante o periodo de testes, não ocorreu nenhum incidente mas houve algumas reclamações por parte dos moradores, devido ao barulho provocado pelos drones.

Este serviço de entregas da Wing, está sujeito a um conjunto de regras que têm de ser respeitadas, que são:

  • Será permitido aos drones sobrevoar ruas e casas, mas não as “vias arteriais principais”.
  • Os drones podem voar 5 metros acima das pessoas e 2 metros na horizontal das pessoas quando fazem as entregas.
  • Voos não são permitidos antes das 7h da manhã de segunda a sábado ou antes das 8h de domingo.
  • Quem solicitar o serviço de entregas, receberá um briefing de segurança sobre não se aproximar dos drones.

O lançamento de Wing na Austrália significa que ele derrotou a Amazon. Jeff Bezos, CEO da Amazon, disse que em 2018 o serviço de entrega por drones já estaria disponível, mas o mesmo não aconteceu.

A Wing já está de olho na Europa, e desde Dezembro que tem os seus drones a pilotar na Finlândia por achar ser um bom campo de testes, devido ao povo Finlandês ser conhecido por ser um dos primeiros a adotar novas tecnologias.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here