Google vai acabar com Reader e outros serviços na segunda metade de 2013

A medida faz parte da política da empresa norte-americana e dita que, de vez em quando, a Google refresque a sua oferta, descontinuando alguns serviços. É isso mesmo que vai acontecer na segunda metade do ano.  

Desde 2011 que a gigante deixou para trás mais de sete dezenas de projetos e, este ano, o caso repete-se. Um dos escolhidos para acabar em 2013 é o leitor de RSS, Google Reader, que já existe há oito anos. A ferramenta permite exportar documentos e artigos a partir do Google Takeout.

Contudo, a “limpeza” não fica por aqui. Além do Reader, a Google vai também acabar com o Google Building Maker, que permite criar modelos tridimensionais de edifícios para o Google Maps e Google Earth. Neste caso, não se trata tanto de falta de popularidade, mas de uma aposta em produtos semelhantes, como o Google Earth para o sistema Android, onde se insere o Google Map Maker. Para o Building Maker, o dia do adeus calha a 1 de junho.

Para completar a lista de serviços que deixarão de existir falta referir o Google Voice para BlackBerry. Já a versão para empresas do Snapseed deixará de ser atualizada.

Veja também...

Deixe o seu comentário