Google expande o serviço de chamadas AI Duplex para a Austrália, Canadá e Reino Unido

Numa altura em que as pessoas são obrigadas a estar sós e isoladas, nunca se fez tanta chamada telefónica, nem tanta video chamada para todo e qualquer lado. Dito isto e tendo isto em mente, o serviço de chamadas automatizadas e de inteligencia artificial Duplex da Google está agora disponível em mais países. O serviço tem estado activo nos EUA e na Nova Zelândia.

Deste modo, o Duplex para além de já se encontrar nos EUA e na Nova Zelândia, vai passar a estar também disponível na Austrália, Canadá e Reino Unido, segundo o VentureBeat, que encontrou novos números de telefone adicionados na página de suporte, que a Google diz que vai usar quando se fizer uma chamada via Duplex a partir de uma país distinto.

PAra quem não sabe, o Duplex foi lançado como beta inicialmente nos EUA através do Google Assistant em finais de 2018, isto após uma estreia polémica na conferencia de desenvolvedores da I/O da Google naquele mesmo ano. Isto porque havia preocupações sobre o uso do Duplex sem o consentimento expresso de um restaurante ou outra pequena empresa e sem a devida divulgação de que a chamada automatizada estava a ser tratada por um assistente de voz digital e não por um ser humano.

Desde essa altura, que a Google tem tentado abordar estas questões, e tem conseguido, com algum sucesso limitado, pois acrescentou divulgações no inicio das chamadas e deu às empresas a opção de optar por não estar a gravar e poder falar com um ser humano. O Duplex tem agora ouvintes humanos que anotam as chamadas telefónicas para para melhorar os algoritmos de aprendizagem da máquina que está subjacente ao Duplex.

Os ouvintes humanos também servem para assumir o controlo da chamada caso a chamada não funcione com a IA ou caso a pessoa não queira falar com a IA mas sim com um ser humano.

A google também expandiu o serviço em ondas, desde telefones Pixel a dispositivos iOS e depois para dispositivos Android. A primeira expansão internacional do serviço foi na Nova Zelândia, em Outubro de 2019.

Fonte: The Verge

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here