Google despede funcionário por quebra de privacidade!

google_brunofilipeO Google confirmou no dia 14 Setembro que demitiu um funcionário no início deste ano por ter violado as suas politicas de privacidade, pelo facto de ter acedido a contas dos seus utilizadores.

No começo do dia, Gawker relatou que David Barksdale, um engenheiro nos escritórios do Google em Seattle, usou a sua posição, como um engenheiro-chave na avaliação dos serviços do Google, para entrar no Gmail e Google Voice , nomeadamente de contas de várias crianças.

“Nós demitimos David Barksdale por ter quebrado  a  nossa rigorosa política de privacidade do Google interno. Cuidadosamente ter controlado o número de funcionários que têm acesso aos nossos sistemas, e periodicamente actualizar os nossos controles de segurança –  como por exemplo, estamos aumentando significativamente a quantidade de tempo que gastamos, fazendo  mesmo auditorias aos nossos logs, para que possam garantir que esses controles sejam cada vez mais eficazes.”

Uma fonte familiarizada com o incidente disse que esta não foi a primeira vez que um funcionário do Google foi demitido na sequência de uma violação de privacidade, embora o incidente anterior, não ter envolvido menores de 18 anos.

Não está claro, se o aumento na quantidade de tempo gasto nos logs de auditoria mencionados na declaração Coughran, fora directamente relacionado com o incidente Barksdale.

Algo é importante frisar, que a Google está atenta às manobras que possam existir dentro do seu próprio meio, e na qual o importante será sempre salvaguardar a privacidade de todos os seus utilizadores.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here