Google chama à atenção os empregados que utilizaram o Zoom nos seus computadores de trabalho

Com a situação que vivemos, está a ser de extrema importância as aplicações de vídeo conferências. Uma dessas aplicações foi a Zoom que viu surgir um boom enorme na sua utilização. E foi com esse acréscimo enorme de utilização da aplicação que surgiu preocupações com a privacidade e segurança da mesma depois de relatos de utilizadores terem surgido ao confirmar a invasão desses parâmetros. A tecnológica Google é uma das ultimas grandes empresas a dar um “puxão de orelhas” e a impedir que os seus funcionários instalem a aplicação nos seus computadores de trabalho.

De acordo com BuzzFeed, a Google informou que a aplicação Zoom Desktop Client fosse desinstalada ou impedida de ser instalada em computadores da empresa. Foi através de um memorando que a empresa confirmou a decisão de  bloquear o cliente Zoom apartir desta semana, e ainda reforçou fazer parte da política da empresa os funcionários estarem proibidos de instalar nos seus computadores de trabalho qualquer aplicação que não tenha sido aprovada pela Google em relação a questões importantes como privacidade e segurança.

Assim e de acordo com o afirmado, a aplicação de vídeo conferência Zoom não cumpre os requisitos exigentes de segurança da Google para que a mesma possa ser utilizada nos computadores dos seus funcionários.

Outras grandes empresas como por exemplo a SpaceX e as escolas de Nova Iorque encontram-se também neste momento a afastar-se da utilização da aplicação Zoom, mesmo esta já tendo se comprometido logo no inicio do mês de Abril em encerrar por 90 dias, e efectuar testes aos parâmetros de segurança da mesma. Tudo isto após ter surgido uma série de incidentes relativos à privacidade e segurança dos seus utilizadores bem como das chamadas de vídeo conferência efectuadas. Problemas esses que surgiram tanto ao nível da aplicação dos dispositivos móveis como também a nível da versão desktop.

Este banir da utilização da Zoom pela Google, veio praticamente em simultâneo com o lançamento da nova aplicação de vídeo conferência da marca, o Google Meet, que irá ser muito provávelmente a aplicação que os funcionários terão de começar obrigatoriamente a utilizar caso estejam com o computador da empresa.

Fonte: 9to5Google

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here