Google ameaça que Android poderá deixar de ser gratuito

A Google já reagiu à multa recorde que a Comissão Europeia decidiu impor na quarta-feira. O CEO da Google, Sundar Pichai, considera que esta multa da Comissão Europeia poderá colocar em causa a gratuidade do sistema Android.

Numa publicação no seu blog oficial, o CEO defendeu as práticas comerciais levadas a cabo pela Google que levaram a Europa a reagir judicialmente.

Sundar Pichai considera que a Google não está a abusar de um monopólio

Sundar Pichai defendeu que instalar previamente o Chrome e o motor de busca da Google não deve constituir um ilícito. Na perspectiva de Pichai, estas aplicações podem ser facilmente removidas. Para além disso, um utilizador típico de Android irá “instalar cerca de 50 aplicações por si próprio”. Assim sendo, Pichai considera que a inclusão destas duas ferramentas da Google não constitui nenhum ilícito.

O CEO da Google considera também que impedir a Google de incluir as suas aplicações nos dispositivos que decidirem utilizar o sistema Android poderá ter consequência para o “ecossistema”. Defendeu que o facto de o sistema Android ser gratuito “depende” da inclusão forçosa destas aplicações. “Até agora, o modelo de negócio do Android significou que não tivemos que pedir dinheiro aos produtores pela nossa tecnologia, ou depender de um modelo de distribuição fortemente controlado. Porém, estamos preocupados que a decisão de hoje possa prejudicar um balanço cuidado que conseguimos atingir com o Android, e que envie um sinal problemático em favor de sistemas proprietários ao invés de plataformas abertas.”

Assim sendo, a Google está a ameaçar que esta decisão da Comissão Europeia poderá significar que as empresas produtoras que incluam o sistema Android nos seus dispositivos poderão ter que passar a pagar uma licença à Google.

A multa bilionária

Estas declarações do CEO da Google surgem na sequência de uma multa bilionária imposta pela Comissão Europeia. A multa recorde é de 4,34 mil milhões de euros devido a práticas de abuso do domínio de mercado.

Fonte: Google

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here