Google adiciona dispositivos Nest ao seu programa avançado de protecção

A Google decidiu permitir adicionar os dispositivos Nest ao seu programa avançado de protecção de modo a melhorar a segurança da sua habitação. Todos sabemos que os produtos Nest da Google podem actuar como um ponto central e fundamental da segurança da sua residência.

Sempre a pensar acima de tudo na segurança, a Google resolveu colocar ontem num blog um post onde apresenta os novos dispositivos que vão ser adicionados ao seu programa avançado de segurança.

O programa avançado de segurança da Google está construído de forma a adicionar uma camada extra de segurança a todos aqueles que encontram-se em uma situação de “alto risco” digamos assim, de poderem ser vítimas de ataque online. Isto inclui directores de empresas, políticos e até mesmo jornalistas. Este programa de segurança envolve um conjunto grande de produtos da marca desde o cliente de email Gmail ao navegador Chrome para Android, e agora finalmente foi adicionado o Nest.

Até pouco tempo atrás, o Nest encontrava-se bloqueado pelo programa avançado de segurança da Google, mas ao que aparenta a marca decidiu mudar de atitude perante os imensos pedidos dos utilizadores do Nest. Isso provavelmente deve-se ao facto do aumento nos últimos tempos da susceptibilidade de ataques maliciosos a estes tipos de produtos inteligentes.

Com o passar dos anos, os produtos Nest têm conseguido ser imunes a problemas de segurança. Para isso foi utilizado como obrigatório a autenticação de dois factores, mas com o acréscimo agora dos dispositivos Nest ao programa avançado de segurança, a segurança dos mesmos ficou ainda mais reforçada.

“Today we’re announcing one of the top requests we’ve received: to bring the Advanced Protection Program to Nest.  Now people can seamlessly use their Google Accounts with both Advanced Protection and Google Nest devices — previously, a user could use their Google Account on only one of these at a time”

No entanto a Google deixou um aviso aos utilizadores do Nest. Se por algum motivo os mesmos partilharem informações acerca das “suas habitações” com outros utilizadores que não possuam o mesmo nível de segurança, a marca irá cortar o acesso ao programa avançado de segurança para que de algum modo nada seja comprometido.

Fonte: 9to5Google

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here