General Motors alimenta fábricas com energia renovável e caminha para a sustentabilidade

O fabricante de automóveis norteamericano General Motors acaba de dar importante passo rumo à sustentabilidade das suas unidades industriais. As várias fábricas dos estados do Ohio e do Indiana,  onde são fabricados os modelos Chevrolet Cruze e Silverado, assim como as pick-up GMC Sierra serão alimentadas exclusivamente por aerogeradores que conseguirão recolher do vento cerca de 200 megawatts de energia. O início desta medida está agendado para o final de 2018 e representará cerca de 20% do consumo de eletricidade da GM.

A GM está a otimizar a eficiência energética da produção de automóveis com um novo conjunto de soluções, algumas delas têm lugar nas várias instalações da empresa. A missão é a de atingir a totalidade da alimentação energética a partir de fontes renováveis. A estratégia que começa a ganhar contornos consideráveis tem paralelo nos modelos de automóveis que a General Motors tem apresentado, possuindo alguns deles, como o Chevrolet Bolt, emissões nulas de gases de escape.

Os contratos agora estabelecidos para fornecimento de energia elétrica proveniente de fontes renováveis foram estabelecidos com a colaboração da Altenex, empresa independente de consultoria energética.

A utilização do Parque Eólico de Northwest Ohio, que conta com 100 MW de potência instalada e é propriedade do grupo energético Starwood será feita em exclusivo pela General Motors.

Até aqui a utilização de energias renováveis pela GM representava uma poupança anual na ordem dos 5 milhões de dólares. Em 2014 a empresa investiu na aquisição de energia eólica gerada no Texas para alimentar a operação industrial no México.

A energia solar é também utilizada pela General Motors para suprir as necessidades elétricas de 26 instalações de aquele que é um dos maiores grupos mundiais de fabrico de automóveis.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here