Fusão PT/Oi e Zon/Optimus resultam em dois mega grupos de telecomunicações

DR
DR

O setor das telecomunicações em Portugal vive dias agitados e as mudanças devem criar um mercado ainda mais competitivo. Mas serão os clientes beneficiados?

O presidente da nova empresa Zopt (é este o nome resultante da fusão entre a Zon e a Optimus), tomou posse esta terça-feira, 2, num encontro onde marcou presença uma das figuras mais importantes deste processo, a angolana Isabel dos Santos.

Miguel Almeida é o presidente executivo e afirmou que um dos objetivos vai ser “criar postos de trabalho qualificados” e ainda “consolidar a posição competitiva no mercado português, mas também fora”.

Um dia depois, Zeinal Bava decide apagar a chama mediática da fusão concorrente e anuncia, a partir de Londres, num evento inédito, a fusão entre a brasileira Oi, onde é presidente executivo, e a Portugal Telecom, da qual é o CEO. Zeinal Bava revelou que a empresa quer não só ser a número em Portugal e no Brasil, mas também pretende entrar para as 20 mais importantes do mundo.

Durante a teleconferência de imprensa onde esteve também o Presidente da PT, Henrique Granadeiro, foi garantido que a fusão não implica despedimentos e que “num contexto de evidente consolidação setorial a nível mundial, chegou o momento de darmos mais um passo decisivo no processo de construção da aliança Oi-PT, construindo um projeto industrial independente, com escala mundial abrangendo 260 milhões de habitantes e mais de 100 milhões de clientes”, revelou Bava.

Entretanto, muitas foram as vozes que questionam se a PT vai continuar a ser portuguesa. A empresa já revelou que vai continuar a pagar impostos em Portugal. Os analistas dizem que os clientes poderiam até ser beneficiados com estas duas recentes fusões, mas que os preços praticados devem manter-se, como tem acontecido nos últimos anos.

As fusões Zon/Optimus e PT/Oi têm como protagonistas investidores internacionais. Ambas falam em internacionalização, em grupos globais de comunicação, portanto os portugueses logo vão perceber se vão ter alguma vantagem com as mudanças no panorama das telecomunicações em Portugal.

10 COMENTÁRIOS

  1. So sei que os serviços em Moçambique estão super caros da parte da ZON. A ZON farta se de ganhar dinheiro com as novas empresas que abrem todos os dias em Moçambique, Maputo Volta de 36.600MT = 910€ dos serviços Net Pro10 Mbps Down / 1 Mbps Up. Todas empresas contratam o serviço Net Pro, Agora é so ver quanto é que ganham.

    Podem ver com bem no site oficial da TVCabo Moçambique: http://www.tvcabo.mz/negocios/planos/fibra/net%20pro

    Agora posso dizer que abrem todos os dias grandes empresas; Portuguesas, Francesas, Americanas, Italianas. Todos os dias abre uma coisa nova. Agora vamos la ver como a ZON continua

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here