Fujifilm traz ao mercado a câmara instantânea Instax Mini Liplay — bastante leve e compacta

E se pudesse «mais do que ver e sentir, [pudesse] ouvir» o que a sua fotografia tem para dizer? — a Fujifilm consegiu essa proeza com o mais recente modelo Instax, a mini Liplay.

A apresentação das novas máquinas fotográficas instantâneas teve lugar no passado dia 28 de junho no Saldanha, em Lisboa. Pelas mãos de Teresa Fonseca, Photo Imaging Manager da Fujifilm Portugal, foi-nos mostrados dados estatísticos de vendas do últimos anos e a histórica da marca no último século no mundo da fotografia e do design gráfico.

O setor da fotografia tem sido uma das maiores apostas da Fujifilm nos últimos anos, em especial, a área da câmeras fotográficas instantâneas. Em 2017, o Photo Imaging faturou 20.877 milhões de euros, quando comparado com 2018, o seu crescimento foi de quase 1% (21.049 milhões euros) o que para este tipo de mercado não é de todo mau.

Teresa Fonseca, Photo Imaging Manager da Fujifilm Portugal

O que traz de novo em relação às atuais ofertas do mercado?

O foco da marca nesta câmera foi a conceção de uma máquina “híbrida” que recorre quer ao poder do digital como da foto instantânea.

O ecrã LCD de 2.7″ permite ver em tempo real o cenário a fotografar. Por um lado, possuímos a impressão de uma verdadeira máquina instantânea, por outro, uma memória que armazena as fotografias tiradas, deste modo pode escolher a melhor fotografia. Com recurso a uma aplicaçãoinstax mini LiPlay — podemos utilizar a máquina instantânea como impressora para fotografias tiradas por outra objetiva ou servir-se do smartphone como meio de partilha de fotografias tiradas pela máquina.

Talvez a maior inovação no segmento é o facto de poder-se criar uma fotografia com uma mensagem de áudio incluída — uma mensagem de cerca de 10 segundos que pode ser reproduzida na própria máquina ou recriada num código QR (servindo para ser acedido na nuvem) e para partilhar com os amigos. Deste modo se procura «fazer uma pequena brincadeira com os sentidos», tornando a fotografia «um pouco mais divertida», como refere Isabel Pereira, responsável de comunicação e marketing da Fujifilm Portugal.

Aspeto bastante interessante foi a inclusão de um pequeno espelho na parte frontal da câmera para facilitar na hora de “tirar uma selfie” que eleva a experiência fotográfica de uma câmera instantânea.

Quais as ofertas? Preço e variantes.

Para adquirir qualquer uma destas novas máquinas instantâneas, tem a opção de três cores, a opção Stone White, a Elegant Black e Blush Gold por um preço de 169,99€. Para evitar riscos nas lentes e/ou no equipamento, a marca disponibiliza capas e alças para manter a sua máquina afastada desses problemas.

Cada modelo é único. A máquina preta transmite uma sensibilidade diferente — aparenta ser mais robusta (apesar de não corresponder à realidade) —, por sua vez, a branca equilibra o lado feminino com o masculino e a rosa, traz o lado e espírito feminino da fotografia.

O evento contou com a presença de diversos meios de comunicação, incluindo o Mais Tecnologia e de algumas caras bem conhecidas da ficção portuguesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here