Foxcoon posiciona-se para ser sério concorrente da Tesla

Foi no evento próprio HHTD21, que a Foxconn revelou três protótipos de veículos elétricos, incluindo dois automóveis e um bus elétrico, de acordo com uma reportagem do Nikkei. A empresa afirma que “não é mais a nova criança na cidade” quando se trata de veículos elétricos e pretende desenvolver um negócio de até 36 mil milhões de dólares por ano, 31 mil milhões de euros.

A Foxconn desenvolveu os protótipos EV sob a marca Foxtron em colaboração com a Yulon Motor de Taiwan. Esta última tem marca própria (Luxgen) e fabrica veículos Nissan e Mitsubishi para o mercado local. Os protótipos incluem um sedan de luxo, SUV e um autocarro, rotulados como Modelo E, Modelo C e Modelo T, respectivamente.

Os veículos são baseados na plataforma aberta de software e hardware da Foxconn, MIH Consortium. Eles são essencialmente projetados como kits, servindo como designs de referência que as marcas de EV podem produzir em massa de acordo com as suas próprias especificações.

O autocarro Modelo T pode chegar às estradas já no próximo ano (provavelmente com um nome diferente), com um alcance projetado de 400 km e velocidade máxima de 120 km/h. Também inclui tecnologia como avisos de pessoas, gestão avançado de temperatura e alta resistência a choques.

O Modelo C da Foxtron é um SUV elétrico que estará disponível em Taiwan em 2023 com alta eficiência e alta velocidade dos 0 aos 100 em 3,8 segundos. Young Liu, o Presidente da Foxconn, afirmou que espera que o automóvel custe menos de 35.700 dólares, pouco mais de 30 mil euros.

O Modelo E, um sedan de luxo desenvolvido em parceria com a Pininfarina, entrará no mercado numa data posterior não especificada. Ele oferecerá 750 cavalos de potência e um tempo dos 0 aos 100 em apenas 2,8 segundos, com uma autonomia de 750 km. A empresa Yulon estará entre os primeiros fabricantes de EV a usar os designs, disse o presidente Lilian Chen.

blank

A Foxtron disse que pretende capitalizar uma tendência de produção de EVs perto dos mercados onde são vendidos, a fim de manter os custos baixos. A empresa planeia construir fábricas de produção de automóveis elétricos nos EUA e recentemente anunciou que iria adquirir a fábrica de Lordstown em Ohio. O objetivo é fabricar a picape Endurance de Lordstown na fábrica e construir EVs Fisker no complexo até o final de 2023. A Foxconn disse que iria anunciar detalhes de seus planos de produção de EVs para a Europa em breve, portanto veremos esta grande empresa de produção a globalizar-se rapidamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here