FIFA vai testar novidade para detetar foras de jogo

A FIFA, o órgão global que rege o desporto, está a testar uma nova tecnologia que tem como objetivo rastrear os membros dos jogadores para detectar se eles estão ou não em posição de fora de jogo. O sistema será testado na Copa Árabe 2021, que começa hoje no Catar, sede da Copa do Mundo do ano que vem.

A FIFA chama o sistema de “ tecnologia de fora de jogo semi automática. “Trata-se de um conjunto de câmeras instaladas na cobertura do estádio, com os dados dos membros extraídos do vídeo e enviados para a sala de analise dos árbitros para que a linha de fora de jogo possa ser calculada em tempo real. A FIFA relata que 10 a 12 câmeras possam recolher até 29 pontos de dados para cada jogador até 50 vezes por segundo.

No futebol, um jogador está fora de jogo se a bola for passada para ele com menos de dois jogadores adversários (geralmente incluindo o guarda redes) entre eles e a linha de golo. É uma regra crítica que muitas vezes leva a golos anulados, é uma decisão difícil para os árbitros tomarem em tempo real, e as limitações da tecnologia VAR (Árbitro Assistente de Vídeo) só aumentaram a controvérsia.

Atualmente, o VAR envolve a análise de um feed de vídeo e o desenho de linhas em campo para confirmar se os jogadores estão fora de jogo ou não, mas as filmagens nem sempre tem a resolução ou a taxa de quadros para determinar o momento exato em que a bola sai do pé de um jogador, por exemplo. Pode ser frustrante assistir a uma partida e esperar vários minutos após um golo aparentemente legítimo para descobrir depois se é anulado ou não.

“O VAR teve um impacto muito positivo no futebol e o número de erros graves foi reduzido, mas há áreas em que podem ser melhorados e o fora de jogo é uma delas”, disse o chefe de arbitragem da FIFA, Pierluigi Collina. “Estamos cientes de que o processo de verificação dos fora de jogo pode demorar mais (do que outras decisões), principalmente quando se está muito apertado. Também estamos cientes de que o posicionamento das linhas pode não ser 100 por cento preciso.”

Se os testes da Copa Árabe forem bem-sucedidos, o sistema poderá ser usado na Copa do Mundo.

Fonte: FIFA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here