Ferrari eléctrico só para 2025

Red Magic 3S

O fabricante italiano poderá atrasar o lançamento do primeiro modelo completamente eléctrico da marca para 2025.

Em declarações aos repórteres durante um almoço na fábrica de Maranello, o CEO da scuderia avançou que a marca precisa de mais tempo para desenvolver a tecnologia da bateria.

No seu roadmap para 2018-2022, a marca tinha previsto o lançamento de mais modelos híbridos e pensou-se que um eléctrico em 2023 já seria uma realidade. Mas agora as declarações do CEO vêm acalmar as expectativas.

Louis Camilleri disse que “a tecnologia da bateria ainda não está onde devia estar”. “Ainda há problemas significativos em termos de autonomia e velocidade do carregamento. Eventualmente iremos desenvolver um [veículo eléctrico]. Mas só para depois de 2025. Não a curto prazo”.

Enquanto o tão almejado eléctrico não chega, os fãs da marca podem entreter-se com o SF90 Stradale. Lançado este ano, é o primeiro plug-in de produção em série. O “90” é uma referência aos 90 anos da marca e a denominação “Stradale” distingue-o do SF90 Fórmula 1. O híbrido vem equipado com motor térmico 4.0l V8, de 780 CV, auxiliado por mais 3 motores eléctricos, gerando um total de 986 cavalos. Consegue chegar dos 0 aos 100km/h em 2,5 segundos.

Segundo o CEO, a marca não vai desistir de apostar no desenvolvimento de um veículo eléctrico, mas num futuro próximo irá dedicar-se aos modelos híbridos. A Ferrari está também está a considerar tecnologias alternativas como o hidrogénio ou os biocombustíveis.

Parece que o fabricante italiano está apostado em não ficar para trás na corrida aos eléctricos. E, julgando pelo desempenho do SF90, pode chegar bem depressa à meta!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here