FBI também pediu à Google para desbloquear equipamentos

Google-Android

Depois do pedido do FBI à Apple para desbloquear um iPhone de um dos autores de um tiroteio, nos Estados Unidos, sabe-se agora, que este acto, não foi um acto isolado.

Um estudo feito pelo grupo de defesa dos direitos civis (ACLU), publicou um mapa, onde mostra, todas as vezes, que o governos dos EUA já recorreu à mesma lei que recorreu no caso do iPhone/atirador dos EUA. Com base nesse estudo, facilmente, se percebe que o governo já recorreu à lei de 1789 em mais de 50 casos.  Ainda com base no estudo, foi possível descobrir que o governo dos EUA, também já tentou que a Google desbloqueasse um dispositivo de um homem ligado ao tráfico de droga.

Apesar da Apple ter recusado a solicitação do FBI, soube-se que o FBI conseguiu entrar no iPhone com ajuda de uma empresa. Soube-se por intermédio da ACLU que “Embora o FBI (polícia federal norte-americana) já não precise da ajuda da Apple [para desbloquear o telefone do autor de um tiroteio em dezembro passado, na localidade californiana de San Bernardino], o seu pedido foi parte de um esforço sustentado do Governo para exercer um novo poder”.

Fonte: The Verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here