Facebook vai investir $1 bilião de dólares num centro de dados na Singapura

O Facebook vai investir mais do que $1 bilião de dólares para construir o seu primeiro centro de dados em Singapura, na Ásia. Este centro de dados deverá abrir as portas em 2022.

A nova infra-estrutura do Facebook será localizada na parte oeste da ilha, bastante próximo de onde a Google tem os seus centros de dados. Estes centros de dados da Google estão de momento em expansão, com um investimento de cerca de $850 milhões de dólares para dar conta do crescimento em dispositivos móveis, comércio digital e computação de cloud na região.

O primeiro centro de dados do Facebook na Ásia

“Este vai ser o nosso primeiro centro de dados na Ásia,” afirmou Thomas Furlong, o vice-presidente das infra-estruturas do Facebook. Até agora, apesar dos muitos utilizadores que o Facebook concentra naquela região do globo, nenhum centro de dados da empresa tinha sido construído. Até agora, os centros de dados do Facebook encontram-se nos Estados Unidos da América, Irlanda, Suécia e encontra-se de momento um em construção na Dinamarca.

Esta infra-estrutura deverá abrir portas em 2022, mas encontra-se dependente de diversas variáveis, como a velocidade de construção. A construção terá 170.000 metros quadrados e representa um investimento de mais do que $1 bilião de dólares.

O Facebook continua a perder utilizadores

O contexto actual não é muito favorável à plataforma Facebook. O Facebook continua a perder utilizadores, especialmente entre as camadas mais jovens. Mas o “êxodo” também se está a estender a utilizadores mais velhos. De acordo com um estudo do reputado Pew Reserach Center, que se baseou numa amostra de utilizadores de Facebook com mais de 18 anos, concluiu que 4 em cada 10 utilizadores (42%) fizeram uma pausa no Facebook de “várias semanas ou mais” no último ano.

Um quarto das pessoas entrevistadas afirma que eliminou completamente a aplicação do smartphone, sendo que este número chega quase a metade entre as pessoas da faixa etária dos 18 aos 29.

Fonte: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here